Natal e Portugal em 2007

images.jpg 2.jpg

Faltam 20 dias, é verdade, com a chegada do pai natal aos canais de distribuição por este país todo, parece que entramos indefenidamente em contagem decrescente…

O Natal está ai… com os 8% do desemprego.

Mais uma do nosso Sócrates, acho que tem muito que fazer, na economia, e não enganar as pessoas.

Que fique aqui bem explicito:

Em Portugal:

– as qualificações a nível de superior não são reconhecidas

– as ajudas de natalidade, são fraldas, ninguem quer ter filhos sem casa e sem emprego

– qualquer dia nem a rua se pode sair

– o meio ambente não é protegido, querem que se ande muito de carros e transportes pra encher o estado de guito, e poluir ainda mais.

– nada tem solucao a continuar assim

Votos de boa contagem decrescente, e comentem

RT

Anúncios

Um pensamento sobre “Natal e Portugal em 2007

  1. Sem duvida que o Natal este ano vai ser um pouco mais amargo que os anteriores, e daqui para a frente, se nada se fizer, so tende a piorar…
    Este pais nao consegue perceber duas realidades importantes:
    1º é preciso os portugueses terem emprego para começarem um vida e o dinheiro nao cai do ceu, aparece somente com o trabalho, mas se n ha trabalho, ou qundo o ha este dura mt pouco obviamente que nao ha inicio de vida, ou seja, casa, carro, e filhos (o que o nosso estado tanto pede)
    2º no desemprego obviamente que muitos jovens optam por duas soluçoes, ou estudam para tentarem ter um emprego ou vao pelo pior via, a da violencia e do roubo

    Facilmente se resolve entao esta situaçao:
    1º dar maior estabilidade no emprego ou caso n haja essa possibilidade implementem a flexisegurança, mas com base na nossa cultura e nao na cultura holandesa, nomeadamente dando ordenados elevados e maior protecçao social, assim como maior ofertas de emprego, de modo a que numa situaçao precaria de trabalho, como é a flexisegurança, o trabalhador nao fike sem um tostao depois de 3meses de trabalho e sem nenhuma oferta em vista e com com contas para pagar
    2º apostar naqueles que estudam nomeadamente recompensando-os atraves de inserçao no mercado de trabalho aproveitando as suas ideias por mais atrevidas que o sejam (incentiva-se assim a vontade de arriscar em portugal como ja exisiu ha agum tempo atras) e recompensando-os financeiramente

    Com esta ultima medida juntamente com alguma politicas extremamente necessarias a ser aplicadas as materias, ás escolas e aos professores, de modo a haver a colocaçao dos melhores em cada área, a reciclage constante e avaliaçao (por alguem isento), levaria sem duvida ao fim do abandono escolar pois muitas x este se deve á falta de incentivo do proprio docente e do facto da materia ser desactualizada a realidade dos nosso dias!!!!
    Mas enfim, ja sao politiquices a mais..

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s