Moção Censura do CDS-PP ao PS…Uma análise indepente e isenta…

Assembleia da República

A notícia a ser alvo de comentário no dia de hoje, refere-se a um acontecimento que ocorreu no dia de ontem, que é a moção de censura apresentada ao governo pelo partido CDS-PP, passo a transcrever a mesma:

« Oposição acusa: governo ineficaz na economia, saúde e segurança

por Artur Cassiano, Publicado em 17 de Junho de 2009

A síntese de uma moção de censura com o mesmo fim anunciado das anteriores quatro – o chumbo maioritário do PS.

Paulo Portas diz que portugueses estão cansados da “arrogância” de Sócrates.
O líder do CDS-PP, Paulo Portas, defendeu hoje que o governo falhou nas políticas e apontou ao primeiro-ministro, José Sócrates, “erros de fundo”, considerando que os portugueses se cansaram “da arrogância”.

Sócrates diz que censura do CDS assenta em pressupostos falsos e abusivos.
O primeiro-ministro considerou hoje que a moção de censura do CDS-PP ao governo assenta em pressupostos políticos “falsos”, ao pretender “abusivamente” transformar as últimas eleições europeias em legislativas, e é uma iniciativa “inútil e “inconsequente”

PS acusa CDS-PP de “usurpação política” da vontade popular
O líder parlamentar do PS, Alberto Martins, acusou hoje o CDS-PP de “usurpação política da vontade popular” e de “manobrismo infantil” por querer, com a moção de censura, “prolongar artificialmente” os resultados das europeias.

PCP diz que se Governo mantiver rumo vai “bater com a cabeça”
O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, questionou hoje o primeiro-ministro, José Sócrates, sobre se vai mudar o rumo ?da política de direita?, considerando que manter a actual orientação é ?profundamente preocupante?.

Sócrates diz que o “futuro governo estará completamente livre” para decidir sobre o TGV
primeiro-ministro, José Sócrates, afirmou hoje, em resposta ao PSD, que ?o futuro Governo estará completamente livre? para tomar ?todas as decisões relevantes? sobre a construção da rede ferroviária de alta-velocidade (TGV).

BE acusa PS de apresentar diploma que permite “trabalho domiciliário a crianças de 14 anos”
O Bloco de Esquerda criticou hoje José Sócrates por dizer que “é tempo de olhar para as políticas sociais” e acusou o PS de apresentar um projecto de lei que permite o trabalho domiciliário “a crianças de 14 anos”.

BE diz que “a única alteração no PS” foi a “substituição” do porta-voz
O BE acusou hoje o primeiro-ministro de ir ao Parlamento ?agraciar todo o governo? e de ?não assumir nenhum erro?, afirmando que após os resultados das europeias a ?única? mudança foi o porta-voz do PS.

Diogo Feio (CDS-PP) diz que afinal José Sócrates “está igual” a antes das europeias
O líder parlamentar do CDS-PP, Diogo Feio, destacou hoje que o primeiro-ministro, José Sócrates, ?está igual? ao que era antes das eleições europeias, afirmando que ?continua a não responder? às perguntas dos deputados.

Oposição acusa Governo de ineficácia na economia, saúde e segurança
A oposição acusou hoje o governo de ineficácia na resposta à crise económica e na execução dos fundos comunitários, nos cuidados de saúde e na segurança, o que foi contestado pelo primeiro-ministro, José Sócrates.

PSD a favor da moção de censura para evitar “prolongamento imerecido de vitalidade do governo”
O vice-presidente do Aguiar-Branco explicou hoje que a bancada social-democrata votará a favor da moção de censura ao Governo apresentada pelo CDS-PP para evitar ?a equívoca leitura de um prolongamento imerecido de vitalidade deste governo?.

PCP diz que a que derrota do PS não se resolve com “falsa humildade”
O PCP considerou que a derrota do PS nas europeias não é ?um problema de estilo que possa ser resolvido passando de uma real arrogância para uma falsa humildade? e que esta se deveu às ?políticas e opções? governativas.

PS assume responsabilidade de ter estado na defensiva face ao neoliberalismo
O líder parlamentar socialista afirmou hoje que o resultado das europeias traduz “a responsabilidade histórica” de o PS ter estado na defensiva face ao neoliberalismo e disse que o partido está pronto para garantir governabilidade “à esquerda”.

Paulo Portas diz que a continuidade de seis ministros são seis razões para não votar no PS
O presidente do CDS-PP, Paulo Portas, considerou hoje que se o primeiro-ministro mantiver seis dos ministros do actual governo são ?seis boas razões? para os portugueses não votarem no PS nas próximas eleições legislativas.»

In: http://www.ionline.pt/conteudo/9171-oposicao-acusa-governo-ineficaz-na-economia-saude-e-seguranca, de 17 de Junho de 2009

O meu comentário:

Esta notícia espelha o resumo que foi ontem a moção de censura apresentada ao governo pelo partido CDS-PP.

Através da análise do debate, que tive a oportunidade de ver, pode verificar-se que o governo, fugiu a várias questões pertinentes que lhe haviam sido colocadas, tais como, se ia manter os mesmos ministros num novo governo que viesse a formar daqui a 3 meses, como iria resolver a questão do desemprego, entre outras. Foram focados temas como trabalho, segurança, saúde, educação. Limitou-se a contornar, as mesmas, dando sempre a volta com comparações à oposição (CDS-PP), de que nada fez na sua altura para resolver alguns problemas de cariz semelhante.

Uma pergunta que achei pertinente, e com a qual ficou sem resposta, foi a do Bloco de Esquerda, no que concerne, à possibilidade de um menor com apenas 14 anos poder trabalhar, desde que para isso, tenha a escolaridade obrigatória. Pois bem, nessa questão José Sócrates não deu qualquer resposta convincente, negando mesmo em primeira instância a existência de um documento, onde tivesse isso aprovado, pois bem um dos pedidos do Bloco de Esquerda, foi solicitar que fosse facultado ao governo esse mesmo documento, mas mais uma vez, a questão morreu solteira.

Um dos argumentos que o PS usou para se defender, foi não entender o pedido de uma moção de censura, a apenas 3 meses de eleições, sendo que menos os deputados do CDS-PP, mostrarem muito interesse, os restantes grupos políticos, foram colocando questões, embora concordassem com o PS neste campo.

O resultado da moção foi o que se esperava, pois com uma maioria absoluta, outro cenário não seria de esperar, ou seja, a mesma foi abafada pela maioria do grupo parlamentar do PS, e com votos a favor do PSD e do CDS-PP, sendo que os restantes grupos parlamentares abateram-se.

As conclusões que podemos retirar desta moção de censura, é que, aparentemente a noite eleitoral do dia 7 de Junho de 2009, não fez o PS reflectir, pelo menos aparentemente, embora acredite que tenha alguma estratégia, para conseguir pelo menos uma maioria relativa; nos partidos de esquerda, salienta-se as intervenções do Bloco de Esquerda, nomeadamente a questão do trabalho do menor, que foi a que causou maior burburinho no hemiciclo, o CDU esteve muito fraquinha, mas teve algumas intervenções, tais como a famosa, «..a continuar assim, o governo vai dar de cabeça..»;  no que concerne aos partidos de direita o PSD, basicamente teve uma mudança de líder parlamentar, e pouco mostrou de trabalho de casa, o CDS-PP, esteve activo, deu para limpar alguma da imagem, das sondagens para as eleições europeias, a salientar, a postura e intervenção do deputado Nuno Melo, penso que é uma pessoa com ideias novas e capaz, pena é que esteja talvez no partido errado, pois o problema do CDS-PP, é ter telhados de vidro.

No que concerne ao timming da moção, tenho a concordar, talvez não tenha sido, a época ideal, para usar este instrumento da democracia, mas vale pelo menos, para espelhar os resultados das eleições europeias, e para verificar a «ressaca» e o modo como foram digeridos os resultados.

Ficamos desta forma aguardar, como daqui a sensivelmente 3 meses, o povo irá avaliar os partidos políticos nas urnas, e quem irá ser convidado a formar governo nessa altura.

Tenho Dito

RT

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s