O Parque de Campismo Para Quem Gosta de Resorts de Luxo…Venha Conhecer Os Detalhes…

Parque de Campismo Zmar Fonte: http://www.ionline.pt

Estamos quase em época de férias, então nesse encadeamento, trago a transcrição de uma reportagem, que saiu à algum tempo, num diário da nossa praça. Passo a transcrever a referida reportagem, mas como se trata de uma publi reportagem, não vou tecer nenhum comentário.

«O parque de campismo para quem não gosta de acampar

Bungalows com plasma, piscina de ondas, spa e muita reciclagem. O i visitou o Zmar, o ecocamping de luxo que ganhou este ano o prémio Inovação do Turismo do Alentejo

Um bungalow no Zmar lembra uma suite num hotel luxuoso. Mas em versão maquete ou em versão casa de bonecas. O espaço é tão apertado que mal cabem duas pessoas habituadas a dar mais de dois passos para chegar à casa de banho. Em contrapartida cabem várias mordomias: um plasma com todos os canais, wireless, ar condicionado para quando o calor do Alentejo aperta, microondas, fogão com placa eléctrica e gel de banho de marca francesa no duche aquecido a energia solar.

Por momentos pensamos estar num resort de luxo na República Dominicana, daqueles onde cumprimentamos flamingos e pedimos bebidas na piscina com uma pulseira colorida no pulso. Também temos direito a exibir uma pulseira fluorescente – a primeira do ano antes dos festivais de Verão – e a ouvir o grasnar de garças num lago vedado com arame. Mas a recepção do Zmar confirma-nos que estamos mesmo num parque de campismo: uma caravana instalada perto da estrada que sai da Zambujeira do Mar recebe os hóspedes que chegam depois da hora de jantar.

O vigilante nocturno dá-nos o mapa do “ecocamping resort” com 81 hectares, incluindo supermercado, piscina de ondas e uma zona equestre, e leva-nos de carro ao bungalow. “Aqui não se usa dinheiro”, diz, enquanto nos passa um cartão que pode ser carregado com dinheiro e que é também a chave da casa de madeira. Com tanto espaço na antiga propriedade agrícola, é pena que os bungalows estejam tão próximos uns dos outros.

Contentem-se todos os que não gostam de acampar: no interior recheado de electrodomésticos, dificilmente entram os bichos rastejantes que adoram tendas e existe uma cama de casal para evitar dores de costas. “Há condições excepcionais para as pessoas que habitualmente não acampam”, concorda Francisco de Mello Breyner, o promotor do parque. “E também para os campistas tradicionais, que têm alvéolos com 90 m2, balneários, cozinha e internet.”

Adeus camping gaz Um verdadeiro campista habituado a erguer com perícia uma tenda de várias divisões e a adormecer ao som de lobos do Gerês pode não se sentir em casa no Zmar. Não contará com banhos gelados nem com as pirotecnias da cozinha a Camping Gaz, mas também não terá tanto contacto com a natureza. Poucas árvores tiveram tempo para se desenvolver desde a inauguração do ecocamping, a 15 de Junho do ano passado, e as sombras para tendas são feitas com redes.

Os preços também não são tão convidativos como noutros parques de campismo. Por exemplo, até ao final de Maio (época média) ao fim-de-semana pagam–se 77 euros por noite num bungalow para duas pessoas ou 42 euros para até seis pessoas montarem uma tenda ou estacionarem uma autocaravana. Há também a possibilidade de dormir numa caravana estática do Zmar por cerca de 50 euros por noite. Além disso, os preços incluem uma experiência invulgar: estar num camping com duas piscinas (uma de ondas interior e uma exterior com 100 metros), spa, ginásio, tenda de eventos e uma zona de aventura.

Preocupações ambientais Tire-se o chapéu às preocupações ambientais do Zmar que já lhe valeram três prémios de turismo: nas categorias de Sustentabilidade Ambiental, Construção Sustentável e, o último deste ano, Inovação pelo Turismo do Alentejo. As placas e o mobiliário exterior do parque são feitos de 374 mil toneladas de plástico reciclado e há painéis solares espalhados por toda a parte.

Em poucos dias no Zmar, o ecologismo apanha-se facilmente, como fungos sem chinelos numa piscina. Separar o lixo é obrigatório, os papéis disponíveis (como o mapa) são reciclados, o óleo é reaproveitado e até existe uma ETAR que trata a água dos esgotos para regar os jardins que hão-de florescer.

Zmar Eco Campo Resort & Spa, Herdade A-de-Mateus, EN 393/1, São Salvador, Odemira. Desde €30 a €242 por noite. Contactos: 707 200 626  »

In: http://www.ionline.pt/conteudo/56740-o-parque-campismo-quem-nao-gosta-acampar, a 24 de Abril de 2010, em Jornal I

Bom Descanso

RT

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: