Conheça Onde Pode Degustar Refeições Milionárias em Hoteis de Luxo…

Refeições em Hoteis de Luxo Fonte: http://www.ionline.pt

Hoje e por ser Domingo, trago uma sugestão gastronómica, que apesar de já ter siso publicada à algum tempo, penso que a mesma seja, interessante, passo a transcrever a referida peça jornalística, mas não vou comentar a mesma, em virtude de ser uma publi reportagem.

« Refeições milionárias em hotéis de luxo

Hotéis de luxo pedem comida refinada. Desde o pequeno-almoço ao jantar, passando pelo snack, nada é simples ou banal nos hotéis onde só milionários ficam hospedados. O portal Hostels.com disponibiliza uma lista com todos os pormenores dos locais onde além de conforto e luxo, pode encontrar uma cozinha de requinte, acessível para poucas carteiras.

Pequeno-almoço

Servido no Ritz Carlton, em Moscovo, por mil euros, poderá tomar o “pequeno-almoço do czar”, composto por vodka nobre, foie gras e caviar.

Mas se o dinheiro não for preocupação, o pequeno-almoço mais caro será provavelmente servido no Le Parker Meridien em Nova Iorque. O “Zillion Dollar Frittata inclui seis ovos, lagosta e 280 gr. de caviar.

Snacks

Depois de um dia de compras em Nova Iorque, talvez um bagel de trufas do Hotel Westin seja o snack mais adequado. Coberto com creme de queijo, trufas brancas, compota Riesling e folha de ouro, o petisco fica por 645 euros. No Hotel Mandalay Bay em Las Vegas é possível optar por um hamburguer, talvez seja o mais caro do mundo. Longe dos que habitualmente se vê nas cadeias de fast-food, o Fleur Burger, tem trufas negras e foie gras entre dois pedaços de pão. O preço: 3220 euros.

Jantar

Durante o Inverno, o restaurante Ca d’Oro, do St. Moritz Kempinski Grand Hotel na Suiça serve o menu “Top of the world”. São sete pratos por 3700 euros. São quatro horas passadas na companhia de excelentes cozinheiros que ajudam na escolha dos vinhos.

Bebidas

Para beber um drink ao final do dia há sempre o “27,321”, um dos cocktails mais caros do mundo, servido no Burj Al Arab, no Dubai, por 4690 euros. Para os menos audazes, o típico “Martini on the rocks” servido no Algonquin Hotel, em Nova Iorque, pode ser uma possibilidade. De notar que, neste caso, a “rock” não é gelo, é um diamante.»

In: http://www.ionline.pt/conteudo/20866-refeicoes-milionarias-em-hoteis-luxo, a 1 de Setembro de 2010, em Jornal I

Boas Refeições!

RT

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s