Ferias de Verão das Crianças…Conheça 14 Sugestões Para As Férias Grandes Deles…

Sugestões de Férias para os Miudos... Fonte: http://www.ionline.pt/

Como as férias dos mais pequenos está quase ai, li no decorrer do dia de ontem, uma reportagem que achei interessante, e com diversas soluções para as férias grandes dos mais pequenos, vou transcrever a referida reportagem, no entanto não vou comentar a mesma.

« 14 sugestões para dar férias às suas crianças e ficar tão feliz como elas

As férias vão começar e não sabe onde deixar os seus filhos? Transforme-os em mini-Picassos, pequenos marinheiros ou amigos do ambiente

Pais deste país, esqueçam a hipótese de ficar à beira de um ataque de nervos. Já lá vai o tempo em que a solução para ocupar as férias grandes dos mais pequenos se resumia à casa dos avós. Hoje o difícil é mesmo escolher. Há programas para todas as bolsas e para todas as vontades das crianças: as aventuras radicais ou em alto-mar para as mais ariscas, o teatro, a dança ou a pintura para as mais artísticas, a descoberta do Oriente para os pequenos historiadores, jogos de detectives para os mais curiosos e campos de férias com tantas actividades que nenhum miúdo vai sair de lá birrento.

Deixar as crianças dormir fora de casa pode parecer assustador mas, segundo os especialistas, são mais as benesses do que os riscos. “Os pais devem apostar na capacidade dos filhos de cortarem o cordão umbilical. Estar longe deles promove a capacidade de sobrevivência, torna -os mais fortes e ensina-os a dar mais valor à família”, adianta a psicóloga Rita Jonet. Por isso, se é daqueles que acham que colónias de férias para menores de 16 anos nem pensar, está na hora de pensar duas vezes. Até porque nem todas se resumem a piscina, karaoke e experiências radicais.

Se tem um orçamento mais reduzido, há workshops e actividades de um dia em várias cidades do país ou até colónias de férias que tratam de ir buscar as suas crianças e de as levar a casa no final do dia. Ouvir as crianças na hora de decidir um ateliê é importante, mas o melhor é não se deixar contaminar. O mais provável é que digam que querem ir para a praia com o primo ou para a Disneylândia. “Os interesses da criança devem ser ouvidos e respeitados. Mas são os adultos que convivem com elas que já devem conhecer o que vai ao encontro das suas preferências. Não se manda para uma escola de futebol quem gosta de artes”, alerta a psicóloga.

Só mais uma dica: “Não são só as actividades intelectuais que motivam as crianças. Colher legumes numa horta ou uma ida à praia podem ser roteiros muito mais estimulantes.” Se quer que aprendam inglês ou outra língua, inscreva-as num programa divertido. Nenhuma criança vai querer sentir-se fechada numa sala de aula em tempo de férias.

Esta vida de marinheiro…
Já pensou em proporcionar aos seus filhos a experiência de vida a bordo? Deixe-os embarcar num navio e no regresso encontrará minimarinheiros. A Bee – Aventura em Movimento organiza em parceria com a Marinha uma viagem marítima de uma semana a bordo do navio-escola Creoula, com destino a Ceuta. Único requisito: saber nadar. Irão aprender a fazer nós, a içar velas, a fazer navegação, leme e vigia ou a trabalhar na casa das máquinas. E mais: ainda vão ficar longe dos computadores e dos telemóveis. Afinal, em alto-mar não costuma haver rede.
Contactos:
917 962 817
Preço:
Entre 400€ e 500€/+ 15 anos

Desperte o roqueiro
E que tal aprender a dançar hip-hop com o campeão do mundo, Nelson? Ou aprender música com o Vintém dos Dzrt? Ou ainda desfilar na passerelle com a ajuda de uma manequim? Longe das grandes cidades, o Campo Rock, em Coruche, promete fazer vibrar as veias artísticas, mas não esquece a piscina ou as actividades radicais. Além disso, como no campo está a ser gravada uma novela da TVI, os participantes ainda poderão ver com que fios se cose uma novela.
Contactos
: 214 360 080
Preço:
335€ (6 dias)/8-16 anos

Da praia ao zoo
Se o seu filho pertence ao leque dos indecisos, a Viagem das Letras tem o programa certo. Durante 15 dias ou um mês inteiro, há itinerários diferentes para cada dia. Visitas ao Zoo ou ao Oceanário, a parques, ateliês e museus ou simples idas à praia. E para que os pais possam tirar folga, o programa inclui almoços e ir buscar e levar as crianças a casa, nos distritos de Lisboa e Setúbal.
Contactos
: 913 091 020
Preço:
390€  (quinzena) ou 695€  (mês), com tudo incluído. Possibilidade de outros programas/ 3-11 anos

A arte dos quadradinhos
“Férias sem stresse” é o lema do Museu do Traje, em Lisboa. Criar uma história a partir do traço, do desenho e da imagem, vestir as personagens com trajes de diferentes épocas, seleccionar tecidos e bordados e confeccionar colecções ou até aprender artes dramáticas e produzir um musical.
Contactos:
217 567 622
Preço:
145€ (com almoço)/5-15 anos

Ser detective em Serralves
A Fundação de Serralves tem mais de 20 actividades para entreter os miúdos. Jogos ao estilo “Cluedo” para explorar a faceta Sherlock Holmes, experiências para fazer desabrochar o pequeno cientista, passeios por estábulos e galinheiros, introdução ao ramo da construção ou aventuras na cozinha para preparar compotas ou bolachas.
Contactos:
226 156 500
Preço:
50€ (uma oficina/5 sessões)/4-12 anos

Férias debaixo de água
São dez dias temáticos inspirados nos oceanos. Dormir com tubarões, mergulhar no Índico, inventar novas espécies com a ajuda de um pincel e descobrir que o dragão-marinho parece uma alga em movimento e que o peixe–balão incha e tem espinhos são apenas algumas das propostas, no Oceanário, em Lisboa.
Contactos:
218 917 002
Preço:
180€ (5 dias)/4-12 anos

Aventura radical
Já se sabe que os miúdos não estão nem aí para as quedas. Se eles estão sempre a pedir um fim-de-semana radical, mas morre de medo de que eles voltem com o corpo todo esfolado, já não precisa de se preocupar: a Quinta da Eira (Penafiel) tem monitores para os amparar. Iniciação ao mergulho, paintball, corrida de buggies, downhill ou uma vertiginosa descida de slide.
Contactos:
961 221 845
Preço:
290€ (estadia e alimentação incluídas)/8-16 anos

A cozinha não morde
Primeiro descobre-se a horta, depois a cozinha. Graças a este curso, os seus filhos vão descobrir que afinal as couves não nascem no supermercado e, com sorte, ainda vão ser os mestres da culinária lá de casa. Além de recolherem os legumes e ervas aromáticas da horta, serão os próprios a preparar o almoço e o lanche. Com supervisão, claro (em Cascais).
Contactos:
919 177 177
Preço
: 60€ (2 dias)/6-15 anos

In english
Quem disse que aprender línguas não pode ser divertido? Nos cursos de Verão do British Council, em Lisboa, pode-se experimentar diversos materiais e ser um verdadeiro Picasso, ou até encenar uma peça. Tudo em inglês, claro.
Contacto
: 213 214 500
Preço:
30€ + Propina de curso de 30 horas (365€)/6-17 anos

Pequeno Einstein
Como aprender geometria com palhinhas? Porque há vulcões, sismos e tsunamis? Como é que as estrelas nascem e morrem? As respostas estão no Museu da Ciência da Universidade de Coimbra, que no Verão promete transportar as crianças para o mundo de Charles Darwin, em versão divertida.
Contactos:
239 854 350
Preço:
34€ (quatro dias)/5-12 anos

Aprender no sentido oriente
Sabia que o won-sam é uma peça do guarda-roupa coreano e que na Índia as noivas se vestem de vermelho? Nas férias de Verão no Museu do Oriente, em Lisboa, as suas crianças vão descobrir isto e muito mais.
Contacto:
213 585 200
Preço
: Desde 40€ (cada oficina)/7-12 anos

Acha que sabe dançar?
Um dia a dançar kizomba, outro dança contemporânea, outro em ambiente Bollywood. É a proposta diversificada dos ateliês artísticos do Fórum Dança. Pelo meio, e para quem, além de pés de bailarino, tem outros dotes, há aulas de música, teatro e vídeo.
Contacto
: 213 428 985
Preço
: 110€/7-13 anos

Volta ao mundo das plantas
O sítio – Jardim Botânico da Universidade de Coimbra – vale por si. As hipóteses de a sua criança voltar com “O Mundo das Plantas” debaixo do braço ou andar a observar com lupa as plantas lá do quintal são elevadas. Pelo meio há lições de ecologia, oficinas de expressão dramática, plástica e musical.
Contacto
: 919 191 360
Preço:
90€ (uma semana)/6-10 anos

Empreendedores e saudáveis
O Gymboree promove os campos de férias ideais para crianças dos três aos sete. Vantagem para os pais: estão espalhados por todo o país. “Há desporto, claro – do ténis ao hóquei – e mais do que isso: aulas de música ou, mais improvável, educação para o empreendedorismo ou aulas sobre hábitos de alimentação e vida saudáveis.
Contacto:
217 578 196
Preço:
Desde 16€ (dia inteiro)/3-7 anos »

In: http://www.ionline.pt/conteudo/64349-14-sugestoes-dar-ferias-s-suas-criancas-e-ficar-tao-feliz-como-elas, a 14 de Junho de 2010, em Jornal i

Boas Férias!

RT

Anúncios

7 pensamentos sobre “Ferias de Verão das Crianças…Conheça 14 Sugestões Para As Férias Grandes Deles…

  1. Gostava que me dessem e me informassem das hipóteses de Férias de Verão na V/ Universidade.Tenho 14 anos, vou para o 9º ano e gostaria de passar aí uns dias.Grata pela atenção.

    • Olá Ana Sofia Martim

      Desde Já agradeço a sua participação no Blog.

      Relativamente à tua questão, tens que contactar a universidade, pois este blog, não tem qualquer interferência com a referida universidade, serve apenas de mero veiculo de informação.

      Sem mais agradeço e Boas Férias

      RT

  2. Olá,

    Gostava que me informassem se o Forum de Dança ocorre apenas em Lisboa….ou também no Porto ou arredores,

    e relativamente ao GYMBOREE qual o contacto do atelier no Porto.

    Obrigada
    Cumprimentos

    • Olá Marta Rangel

      Desde já agradeço a sua participação neste blog.

      No que concerne, à sua questão, para obter respostas às suas questões, é necessário contactar as entidades responsáveis, pois, o blog é somente um veiculo de informação, não tendo nada a haver com as entidades que promovem os eventos.

      Sem mais.
      RT

  3. Olá,

    Acho o comentário sobre o novo filme da saga twilight arrasadora e puramente pessoal… De facto, os pré adolescentes, senão mais, adoram-nos!!
    E porque não uma história de amor sem ser frenética ?… vulgar ou expectável com os modelos actuais ?
    Histórias de amor platónicas, irreais, apetecíveis por improváveis, com vampiros – o que interessa se poderíam ser qualquer outra coisa???!!! – aparecem como vampiros!!… são grande parte do que o imaginário de pré adolescentes querem ver e t~em curiosidade em sonhar…
    Porque terão que sonhar ou somente ser aconselhados a ver filmes de acção fatidicamente violentos onde a adrenalina só aí poderá ser buscada ?
    Acho que esta crítica devastadora, ao que parece a todos os filmes já apresentados – será eventualmente própria de uma alma pouco jovem …
    Os filmes que ainda vêm,lenta, lentamente, para os podermos saborear, sem pressas nem ao ritmo suposto ser, veremos se encatam os seus destinatários como os livros em que se baseiam o fazem. Aguardemos então!
    Que os jovens possam ter opções de filmes e de sonhos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s