Sombras Para Refugiar do Calor na Cidade do Porto…

Jardins do Palácio de Cristal... Fonte: http://www.ionline.pt

Hoje e por ser Domingo, trago um post, dedicado a fugir do calor, desta feita na cidade do Porto, a pesquisa ficou a cargo de um diário da nossa praça, vou transcrever a dita reportagem, mas como se trata de uma publi-reportagem não vou comentar a mesma.

« Fugir do calor não é assim tão difícil

Conheça alguns dos melhores locais para dizer adeus ao calor e ficar abrigado pela sombra, com tempo para qualquer programa, desde que pouco movimentado

Com o calor a apertar para níveis pouco comuns em Portugal, muito particularmente no Norte do país, o melhor é procurar espaços onde as sombras convidem a um descanso longe dos incomodativos raios de sol a rondar os 40 graus. E no Porto e arredores há muito por onde escolher.

Parque da Lavandeira (Gaia) É um dos segredos mais bem guardados de Vila Nova de Gaia. No meio de toda a agitação citadina, ergue-se um parque repleto de frondosas árvores e vários jardins temáticos. Vocacionado essencialmente para recreio e lazer, este parque de 11 hectares, que abriu ao público em Agosto de 2005, resultou da aquisição, pelo município, da antiga Quinta da Lavandeira. Organizam-se feiras de artesanato, venda de legumes e actividades de ioga e tai chi, entre muitas outras iniciativas. E se a fome apertar, há cafetaria.

Parque Urbano Fernando Melo (Ermesinde) O Parque Urbano Dr. Fernando Melo, em Ermesinde, envolve o Fórum Cultural de Ermesinde, situando-se muito perto da estação de caminhos-de-ferro da cidade. Ao anfiteatro ao ar livre, juntam-se o campo de minigolfe, o parque infantil, além de café e restaurante. E tem água um pouco por todo o lado, proporcionando uma sensação de frescura fundamental para os dias que correm. Para os que não conseguem ficar desligados do mundo ou das redes sociais também não há problema. A internet sem fios fornecida pelo parque trata do assunto.

Palácio de Cristal (Porto) Como a crise aperta e o dinheiro para fazer grandes viagens começa a escassear, nada como o Palácio de Cristal para fugir aos dias de calor no Porto. Logo à entrada, os magníficos jardins, povoados de repuxos de água, convidam ao descanso. Contornando o Pavilhão Rosa Mota ergue- -se a magnífica Avenida das Tílias, onde com sorte poderá assistir a um qualquer concerto gratuito na chamada concha acústica. Mais à frente, poderá descer para a Casa do Roseiral, sala de visitas para os convidados da Câmara do Porto, e a refrescante mata onde pode encontrar poisos para todos os gostos e feitios. Disponibiliza ainda um parque infantil (devidamente abrigado pela copa das árvores) e, claro está, vistas magníficas sobre o rio Douro. Não por acaso era o miradouro favorito de quem ia assistir ao agora cancelado RedBull Air Race.

Jardins de Serralves (Porto) Serralves não é apenas sinónimo de exposições e festa. É também recolhimento e comunhão com a natureza, em pleno coração da cidade. Uma magnífica casa de chá convida à reflexão e o fantástico lago romântico, cheio de peixes e patos, à melancolia e aos amores. A Quinta do Mata-Sete, um pomar de citrinos ou um talhão especial para ervas e plantas aromáticas e medicinais, são propostas irrecusáveis para quem já não aguenta o calor fechado de casa. »

In: http://www.ionline.pt/conteudo/68388-fugir-do-calor-nao-e-assim-tao-dificil, a 09 de Julho de 2010, em Jornal I

Bons Passeios à Sombra!

RT

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: