Conheça Uma Paródia a Uma Série de Televisão dos Anos 80…

Uma Paródia a MacGyver Fonte: http://www.ionline.pt

Hoje trago algo sobre uma estreia, uma paródia a uma série televisiva que passava na RTP, nos anos 80, não vou desvendar o mistério, por isso, toca a ler a transcrição da peça.

« A necessidade é a mãe do engenho. O MacGyver é o pai

“MacGruber – Licença para Estragar” estreia hoje e é uma paródia ao herói dos anos 80, que conseguia tudo apenas com um canivete e um clip. Mac entrou nas nossas vidas há 25 anos e nós testámos as suas engenhocas

“O nome dele é MacGyver. Ele consegue resolver tudo. Com um bocado de fita adesiva e um gancho de cabelo, até põe um computador a funcionar.” Era assim que Pete Thornton (Dana Elcar) descrevia as qualidades do agente da Phoenix Foundation. No ano em que a série faz 25 anos, uma paródia ao herói menos violento da televisão estreia hoje nas salas de cinema. “MacGruber” nasceu num sketch do programa “Saturday Night Live”, inspirado na série “MacGyver” (1985-1992). O anti-herói da comédia está normalmente preso numa sala com uma bomba prestes a explodir. Só que em vez de resolver o problema, distrai-se.

A geração de 80 sabe que com um canivete suíço e um clip é possível fazer quase tudo. MacGyver pôs a criançada a desmontar brinquedos e a sonhar com um canivete. O herói louro, com um corte de cabelo só possível na década dos chumaços, marcou uma época. Basta ver a cara de pasmados com que se fica ao ouvir na “RTP Memória” o “tantantantantantantantan tantantan…”. MacGyver era inteligente e não recorria à violência. Parodiar esta personagem, é quase sacrilégio para os fãs. Pelo menos foi o que pensou o criador da série, Lee Zlotoff. Em Fevereiro, o realizador revelou que ia processar o filme “MacGruber”, mas nada aconteceu.

Em jeito de presente de aniversário, resolvemos testar as técnicas do herói interpretado por Richard Dean Andersen. No programa “Caçadores de Mitos”, do Canal Discovery, Adam Savage e Jamie Hyneman, encheram-se de coragem e em 2008 provaram que Mac sabia o que fazia. Descubra a verdade. Mas não faça isto em casa.

Chocolate trava o ácido Pedro Silva, de 21 anos, é estudante de engenharia electrónica na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, mas não esqueceu a experiência “Projecto MacGyver” com a professora de química no 12º ano. “Grande parte das experiências resultavam, mas, no cinema tudo é exagerado. Uma delas era provar que com barras de chocolate se conseguia selar uma fissura num depósito de ácido sulfúrico. A sacarose em contacto com o ácido sulfúrico origina, através de reacções químicas, uma pasta gomosa mas que segundo o que experienciámos nunca seria capaz de estancar uma fuga de H2SO4 [Ácido Sulfúrico].” Richard Dean Anderson reconheceu que para o fazer não bastavam umas barras de chocolate, mas sim qualquer coisa como 18 quilos.

Carro de pára-quedas Logo na primeira série, MacGyver arma-se em James Bond ao saltar de um avião dentro de um carro, com apenas um pára-quedas. A resposta óbvia seria: magia da televisão. Mas como nos diz o físico José Carlos Fonseca, estudante de doutoramento em cosmologia na Universidade de Portsmouth, pode funcionar. “Só é preciso um pára-quedas suficientemente forte.” Ainda por cima, um criado para grandes cargas aguenta até duas toneladas. Mac e a sua amiga num carro pesavam à volta de 1,4 toneladas. “Teria de ter um pára-quedas gigante. A abertura do mesmo teria de ser controlada pelo Mac”, avisa Moisés Piedade, coordenador do mestrado em Engenharia Electrotécnica, do Instituto Superior Técnico.

Fazer uma bomba de extintor MacGyver trabalha com o que tem à mão. Está dentro de um avião a tentar levantar voo, e a ser perseguido por jipes, quando decide fazer uma bomba de um extintor. Espeta dois ganchos na boca do extintor para retirar o bocal, prende duas cordas e atira-o fora do avião. Quando o jipe passa por cima do extintor, os ganchos furam-no e provocam uma explosão. “O extintor de incêndio, como qualquer recipiente com gás sob pressão, pode explodir. Imagine-se uma lata de cerveja que é agitada e depois aberta: explode numa nuvem de partículas No entanto o material dentro do extintor não é inflamável pelo que a explosão não traria chamas. O factor sorte (ou azar) faria com que a explosão conseguisse fazer o jipe despistar. Quase impossível”, diz o professor Alexandre Bernardino, do Instituto Superior Técnico.

Ultraleve de bamboo O desespero conduz a situações desesperadas. MacGyver não tem como fugir dos inimigos e decide criar o seu próprio ultraleve. Usa apenas traves de bamboo, sacos do lixo, um barril, fita adesiva e um motor de uma betoneira. Faz tudo em quatro horas. “Diria que é peso a mais para conseguir planar apesar do bamboo ter boa resistência”, diz José Carlos Fonseca. Os “Caçadores de Mitos” testaram o ultraleve e concluíram que o motor podia movimentar o avião, mas não aguentava tempo suficiente no ar. »

In: http://www.ionline.pt/conteudo/82060-a-necessidade-e-mae-do-engenho-o-macgyver-e-o-pai, a 7 de Outubro de 2010, em Jornal I

Grande Série!

RT

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s