Solução Para a Resolução de Conflitos Organizacionais…

Como Resolver Conflitos Organizacionais.... Fonte: http://www.ionline.pt

Hoje trago um tema sempre muito útil, e que se deve ter sempre presente, nas nossas actividades a nível empresarial, que são a resolução dos conflitos laborais.

« Conflitos no local de trabalho. Como gerir o que não consegue evitar

Lidar com pessoas é uma das mais difíceis técnicas a incluir no currículo. Porém, “não há crescimento sem conflito”, diz Amândio da Fonseca. “Este tem é de ser bem gerido”

É uma questão de profundidade. Em qualquer mesa de trabalho há conflitos, embora nem sempre sejam visíveis. Contam- -se grau a grau: aos conflitos interiores juntam-se aos conflitos pessoais, fora e dentro do trabalho, e acima desses os profissionais, de interesse ou de valor. Aos gestores e líderes de equipa cabe aliviar tensões mais ou menos saudáveis.

Foi o limiar destas tensões que levou um antigo chefe de Jorge Tomé, 27 anos, a distribuir um livro entre a sua equipa de trabalho, num centro de psicoterapia. “Era um ambiente de trabalho um pouco pesado. Lidávamos com pessoas carentes e deprimidas, o que acabava por afectar o relacionamento entre nós. Acho que ele percebeu isso e deu a cada um de nós ”O Que Podemos Aprender com os Gansos”, um livro sobre como melhorar a comunicação no ambiente de trabalho.” Resultou? “Não propriamente”, admite Jorge. “Continuou a haver muita fofoquice e descontentamento.”

Nuno Nogueira, gestor financeiro do grupo Amorim na Benelux, dá outro tipo de soluções no seu Portal Gestão. Melhor do que resolver é, desde o início, evitar cenários propícios a conflitos, defende. Alguns exemplos que costumam potenciar conflitos são a “falta de clareza na definição das funções” ou a “organização inadequada” entre tarefas e competências de cada trabalhador. “As pessoas tendem a evitar tarefas essenciais ou então várias pessoas vão tentar fazer a mesma coisa”, avisa.

Outro problema está na distância entre o gestor e o “trabalho no terreno”, explica Nuno Nogueira. “Se se escondem nos seus gabinetes, os conflitos podem tornar-se incontroláveis.” No topo dos comportamentos potenciadores de conflito está, mais uma vez, a falta de comunicação, lembra o mesmo responsável.

Amândio da Fonseca, fundador e director-geral da Egor, defende que o gestor deve assumir a função de mediador quando os conflitos pessoais começam a afectar visivelmente o funcionamento da empresa. “Nestes casos, tem toda a legitimidade para actuar, deve recolher o máximo de informação das partes e tomar uma decisão.” Ainda assim, lembra as propriedades construtivas da noção de conflito. “O conflito é mau se for ignorado, mas se for bem gerido é um factor de crescimento, tanto para a pessoa como para a empresa. Não há crescimento sem conflito.” O segredo é encontrar um ponto de equilíbrio “Um ambiente de trabalho de constante combate pode ser seriamente desmotivador para a maioria das pessoas”, diz o gestor do grupo Amorim.

Diferenças Os conflitos no local de trabalho seguem padrões, mas são culturalmente diferentes. “Na Holanda, onde trabalho agora, as pessoas tendem a ter uma atitude defensiva, e a fonte de conflito são questões práticas”, conta Nuno Nogueira. “Têm muita atenção a discrepâncias no nível salarial ou nas faltas e aproveitam essas oportunidades para reivindicar.” Fora estes factores, o choque de personalidades é um problema quase eterno. “As pessoas diferem quanto ao que conseguem tolerar no comportamento dos outros. Se os gestores criam equipas constituídas por membros que não sabem conviver entre si, os conflitos são inevitáveis. A construção da equipa e o desenvolvimento do trabalho em equipa são as principais tarefas dos gestores”, conclui.

Leia mais em http://portal-gestao.com/ »

In: http://www.ionline.pt/conteudo/90545-conflitos-no-local-trabalho-como-gerir-o-que-nao-consegue-evitar, a 25 de Novembro de 2010, em Jornal I

Grande Ideia!

RT

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: