Antevisão da Actuação de Sergio Godinho Hoje Na CulturGest…

Sérgio Godinho Fonte: http://www.ionline.pt

Hoje trago uma sugestão para este dia, desta feita é no auditório da Culturgest, e o artista é Sergio Godinho, passo a transcrever o referido artigo.

« Sérgio Godinho canta rascunhos em palco

A Culturgest revela, a partir de hoje, uma antevisão do novo disco do músico e compositor

Aqui a lição é dada pelo mestre. Sérgio Godinho tem o génio de transformar palavras em canções e sobe amanhã ao palco da Culturgest, em Lisboa, para explicar como se faz. O cantautor apresenta “Final de Rascunho“, uma série de concertos onde vai desvendar parte do seu universo criativo. As múltiplas facetas, como a poesia e a spoken word, estarão em evidência, num espectáculo que se quer intimista. E em boa companhia: a acompanhar a banda estará Bernardo Sassetti e o violoncelista António Serginho.

O espectáculo surgiu de forma natural. Há muito que as datas dos concertos na Culturgest (sexta, sábado e domingo) estavam marcadas. “Mas ainda sem um programa definido”, conta Sérgio Godinho ao i, a partir do estúdio onde está a preparar o concerto. Inicialmente previsto para o ano de 2010, o seu novo disco acabou por não sair. Mas foi dos seus preparativos que nasceu a ideia de levar para o palco “um espectáculo encenado e espontâneo, construído e imprevisível”. Uma decisão inédita, quase uma introdução ao novo registo.

“Enquanto as canções foram surgindo, achei que seria interessante partilhá-las sem rede, com o público. No fundo é isso que este espectáculo representa: resulta de um work in progress e pretende ao mesmo tempo mostrar como se foram desenvolvendo as canções”. Mas sempre “de modo muito informal”, sem revelar grandes detalhes.

O autor é muito ciente desse trabalho solitário, dos primeiros esboços feitos em casa ou num “lugar qualquer”, cuja natureza raramente se revela. “A primeira partilha é com nós mesmos e com interlocutores imaginários. Quando se compõe, projecta-se sempre para os outros. Pode ser muito romântico dizer que não, mas não faz sentido nenhum. Mesmo os que dizem furiosamente que escrevem para si, fazem-no sempre para alguém.”

Além de deambular por um conjunto de novas canções, “Final de Rascunho” inclui um alinhamento “mais vasto”. “Vamos também tocar coisas mais antigas, todas elas cruzam esta mesma linguagem.” Em palco, Sérgio Godinho promete ainda evidenciar uma das facetas mais apreciadas: a escrita. Serão lidos poemas do seu livro de poesia, “Sangue por Um Fio”, em jeito de spoken word, acompanhados pela banda e pelos músicos convidados, que têm papel activo não só no concerto mas também no disco.

“Sempre pensei que este próximo disco teria outras pessoas para além da nossa banda. Foi por isso que convidei o Bernardo Sassetti e o António Serginho. Entram na dupla condição de instrumentistas em palco, mas também para conceber arranjos.” Sérgio Godinho confessa que há muito tempo queria trabalhar com Sassetti e o resultado desse desejo ganha agora forma num tema inédito. Chama-se “Dias Consecutivos” e é uma “espécie de valsa macabra.” »

In: http://www.ionline.pt/conteudo/90482-sergio-godinho-canta-rascunhos-em-palco, a 25 de Novembro de 2010, em Jornal I

RT

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s