Que Nome Devemos Dar à Primeira Década Após o Ano 2000…

Os Oculos de 2007... Fonte: http://www.ionline.pt/

Hoje trago uma notícia que li num diário da nossa praça, e que a mesma versa sobre a possibilidade de baptizar a primeira década do ano 2000, passo a transcrever a referida reportagem.

«É possível baptizar a primeira década do século XXI?

Com algo melhor que “a primeira década do século XXI”? O caminho para uma boa definição é longo e tortuoso

A dúvida surgiu várias vezes, mas intensificou-se em 2010. Como é possível que a primeira década do século XXI ainda não tenha nome? Como descrever os dez anos que passaram com a simplicidade de dez letras e dois números como na frase “foi nos anos 90”? Uma consulta à revisora de serviço no jornal não resolveu estas inquietações. “Essas décadas são muito más, ninguém fala delas. Se tiver mesmo que ser, chama-lhe simplesmente Maria.” Mas Maria já é nome de bolacha.

As incertezas sobre o baptismo da década não são de agora. Em 1981 um jornalista do “The New York Times” antecipou-se à ansiedade pós-milenar e inaugurou a discussão. Propôs uma solução rápida, monossilábica e indolor: “Os anos oh.” O nome remete para os dois algarismos dominantes nas primeiras datas do século XXI, mas também são uma onomatopeia inofensiva. Em português podíamos chamar-lhes os anos “ó”, mas não é coisa para pegar.

“Anos zero” parece apropriado, mas resultará? “Isso não me diz nada”, adianta D”Silvas Filho, membro do Conselho Científico da Sociedade da Língua Portuguesa. “Como estamos habituados a que a nossa língua seja analítica, um título com a explicação pormenorizada nunca escandaliza”, prossegue, sugerindo: “Preferiria chamar-lhe ”década inicial do século XXI”.” Ganha-se em clareza, perde-se em poder de síntese.

Os países de língua inglesa prosseguiram a sua interpretação mais criativa. A colunista da revista “The Atlantic”, Barbara Walraff, sugeriu em 1996 a expressão “double-ohs”; e no final da década de 90 (cá está, tão fácil) um empresário norte-americano registou a marca “naughty–aughties”, numa tentativa de fazer dinheiro ao juntar a denominação da primeira década do século XX, os “aughties”, e a pornografia. Não resultou.

“Noughties”, derivado de “nought”, palavra que significa “zero”, foi adoptado pela BBC, mas há outras alternativas. “Aughties”, “aughts”, “oughties” são das mais populares. Sem consenso.

Na língua portuguesa podemos procurar o nome dado à primeira década do século XX, mas em 1910 ninguém se preocupava com isso. Em retrospectiva, D” Silvas Filho sugere: “Década do prelúdio republicano do século XX.”

O assunto é complexo e começa logo na definição de década. Para deixar claro: uma década começa quando o último dígito da data é 1 – porque o calendário gregoriano não arranca no zero, mas sim no primeiro algarismo.

Já tivemos tempo para pensar no assunto e tempo para resolver o problema através de uma perspectiva histórica: se não sabemos que nome dar à década, vamos encontrar uma definição naquilo que se passou ao longo desses dez anos. Houve os “loucos anos 20” e os “swingin” sixties”. E a década passada? “Talvez adoptasse: ”Década crítica inicial do século XXI”, sem vírgulas, dando a ideia de que outras estarão para vir”, resume o especialista em língua portuguesa. »

In: http://www.ionline.pt/conteudo/96727-e-possivel-baptizar-primeira-decada-do-seculo-xxi, a 05 de Janeiro de 2011, em Jornal I

Aceitam-se Dicas!!

RT

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: