Onde Existem Mais Queixas…

Onde Existem Mais Queixas... Fonte: http://www.agenciafinanceira.iol.pt

Hoje trago um artigo, do que apresenta mais reclamações, passo a transcrever a referida peça.

« Telecomunicações voltam a liderar queixas em 2010

Deco foi abordada por quase 370 mil consumidores

As telecomunicações, compra e venda de bens, banca e serviços de interesse geral voltaram a ser os sectores que mais reclamações motivaram em 2010, ano em que a Deco foi contactada por 370 mil consumidores.

Em comunicado, a Associação de Defesa do Consumidor (Deco) diz ter sido abordada no ano passado por 369.767 consumidores «procurando informações acerca dos seus direitos ou solicitando a intervenção da associação para a resolução de litígios».

No sector das telecomunicações, a associação aponta como estando na base de muitas das reclamações dos consumidores «o incumprimento das velocidades contratadas» no serviço de Internet.

«Os problemas decorrentes da assistência técnica, da falta de qualidade e do período de fidelização dos produtos Triple Play [serviço que combina voz, dados e multimédia] levaram muitos consumidores a pedir o nosso apoio na resolução destes conflitos. Os serviços de toques e jogos para telemóveis foram também motivo para inúmeros contactos dos consumidores», escreve a Lusa.

Falta de informação no crédito preocupa

Nesta área, a Deco reivindica a criação de um «regulamento de qualidade de serviço para a internet», exige «melhores práticas às empresas fornecedoras de triple play» e reclama uma «adequada fiscalização por parte da Anacom [Autoridade Nacional de Comunicações] para os serviços de toques e jogos para telemóveis».

No sector da compra e venda, a associação diz manterem-se «as dificuldades aquando do accionamento das garantias legais» dos produtos defeituosos.

Já no sector bancário, os problemas relacionados com a falta de informação no crédito ao consumo, o «aumento irregular» do spread [margem de lucro dos bancos] no crédito à habitação e as «práticas irregulares» na amortização antecipada no crédito ao consumo e crédito à habitação continuam a merecer «inúmeras reclamações».

Quanto ao sector dos serviços de interesse geral, são os problemas ao nível da facturação que justificam um «elevado número» de reclamações. »

In: http://www.agenciafinanceira.iol.pt/economia/queixas-deco-reclamacoes-telecomunicacoes-credito-agencia-financeira/1233242-1730.html, a 15 de Fevereiro de 2011, em Agência Financeira.

Estejam Atentos

RT

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: