Conheça a ARCO a Feira de Arte Com Mais Notoriedade de Espanha…

Arco...A Mais Conhecida Feira de Arte de Espanha... Fonte: http://www.ionline.pt

Hoje trago um artigo que visa sobre a maior feira de arte de Espanha a «ARCO», passo a transcrever o referido artigo.

« ARCO. Tudo pode ser arte na feira mais famosa de Espanha

Até um quadro de miúdos pode valer 15 mil euros. Começa hoje, em Madrid, a ARCO e os galeristas portugueses explicam porque é importante participar

Há quatro anos, a jornalista espanhola Fanny Estévez entrou na ARCO, a feira de arte contemporânea de Madrid, com um quadro escondido na mala. De manhã, um grupo de doze miúdos de um infantário tinha lançado as pequenas mãos cheias de tinta à mesma tela. O objectivo da reportagem do programa “El Buscador”, do canal Telecinco, era mostrar que “qualquer coisa pode passar por arte na feira mais prestigiada de Espanha”. Até mesmo um quadro esborratado por miúdos de 2 e 3 anos.

“Nota-se que é um quadro feito por um homem com uma carga erótica muito grande, mas também reprimida”, disse um dos visitantes, enquanto analisava a pintura. Pouco tempo antes, a jornalista tinha pendurado o quadro num canto recatado da feira e conseguira arrancar algumas opiniões do público. Uma rapariga distinguia uma “paisagem vegetal” na tela, enquanto um homem acreditava que reflectia “um desespero por um caminho novo”. Nas reacções que podem ser vistas no YouTube (uma pesquisa por “El Buscador en ARCO” basta) chega a ver-se uma mulher que considera 15 mil euros “um preço barato” para o quadro.

Este ano, a feira de arte contemporânea comemora a sua trigésima edição e os visitantes podem continuar a filosofar sobre as obras de arte de 190 galerias internacionais. Por exemplo, o trabalho “Pão com Pão” (fotografia aqui em cima), do cubano Wilfredo Prieto, poderá suscitar a seguinte dúvida: trata-se mesmo de uma obra ou do lanche de alguém esquecido na prateleira?

Conselhos

“Para comprar arte é essencial gostar da peça, mas primeiro recolher informações sobre o currículo do artista”, aconselha Vera Cortês, dona de uma das doze galerias portuguesas presentes na ARCO 2011. A peça mais valiosa que levou para a feira foi um vídeo da dupla inglesa John Wood & Paul Harrison. “O preço são os artistas que decidem, não é inflacionado pela feira”, garante a galerista. Entre as peças do seu stand está um conjunto de 500 fotocópias da artista Joana Bastos onde se pode ler “Sorry, had to go to work”. O Preço? 250 euros.

Porquê ir

“É sempre importante participar na ARCO”, diz Cristina Guerra, dona da galeria homónima em Lisboa. “É a feira mais importante da Península Ibérica. A de Lisboa [a Arte Lisboa] praticamente não existe.” Para a galerista, compensa sempre participar: “Os transportes são mais baratos, as vendas correm bem e fazem-se bons contactos com coleccionadores, curadores e directores de museus.”

A feira em Madrid abre as portas hoje, mas só para convidados VIP, os primeiros a fechar negócio com as galerias. A partir de sexta e até domingo transforma-se numa gigante exposição de arte contemporânea, aberta a quem quiser pagar 32 euros por dia.

Se não quiser pagar nem ir a Madrid há outra hipótese: os utilizadores do iPhone e iPad podem descarregar no iTunes uma aplicação gratuita que lhes permite conhecer as obras virtualmente.»

In: http://www.ionline.pt/conteudo/104933-arco-tudo-pode-ser-arte-na-feira-mais-famosa-espanha, a 16 de Fevereiro de 2011, em Jornal I

RT

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: