Conheça Os Mitos Ligados Ao Dinheiro…

Os Mitos do Dinheiro... Fonte: http://www.agenciafinanceira.iol.pt

Hoje trago algo interessante, alguns mitos que existem sobre o dinheiro, passo a transcrever a referida peça que tenho o prazer de partilhar com os leitores do Xavena de Palavras.

« O dinheiro e os mitos que não o largam

É com ele que compramos a felicidade? Os nossos gerentes de conta dizem-nos sempre o que é melhor para o nosso dinheiro? Saiba tudo aqui

Dinheiro, dinheiro… Ninguém diz que não quando ele chega, mas todos sabem que não cai do céu. Lidamos com dinheiro todos os dias. Mas será que já desmistificámos algumas ideias erradas que temos sobre ele?

O «G1» falou com alguns especialistas sobre estes temas e nós apresentamos-lhe aqui as conclusões:

Comprar casa própria é algo positivo e deve ser uma prioridade

Não. Nada como comparar o que tem de pagar se optar pelo arrendamento com o dinheiro que terá de aplicar na compra. Às vezes a primeira opção pode ser mais rentável para si.

O meu gerente de conta indica-me sempre qual a melhor opção para o meu dinheiro

Não. Eles têm dezenas de clientes e metas de vendas de aplicações para cumprir. Mais vale ter também a opinião de consultores que não ganhem à comissão, sendo que, nunca se esqueça, a decisão final é sempre sua.

O dinheiro não compra a felicidade

Esta é uma meia verdade. É que, de facto até pode não comprar, mas vai ajudando – e muito – em vários campos da nossa vida, como a saúde e a educação, duas ferramentas indispensáveis para que o resto também corra bem. Mas não é menos verdade que há pessoas ricas que são mesmo infelizes.

Quem gosta muito de dinheiro deve jogar sempre na lotaria

Não. Gostar é diferente de ter e, mesmo tendo dinheiro, jogo é jogo e a probabilidade de ganhar é rara, mesmo para quem aposta todas as semanas. Se não resiste ao risco, opte por apostar sempre o mínimo.

Pagar contas por débito automático é mais barato

Não. Custa precisamente o mesmo que pagar em dinheiro vivo no balcão, mas é uma forma de ganhar tempo e comodidade, ao evitar atrasos no pagamento e as consequentes multas.

Sou jovem, logo muito novo para ter um seguro de vida

Esta é outra meia verdade. Se por um lado investir num seguro de vida simples pode não ser muito interessante para um jovem, a verdade é que não há idades para nos prevenirmos.

Investir num carro é bom, porque posso vendê-lo quando precisar do dinheiro

Não. A verdade é que comprar um carro não é um investimento, porque ele vai sempre desvalorizando em vez de valorizar. Pior: há as despesas de manutenção e a consequente dificuldade em vender por causa da «velhice» que ele vai, mais dia menos dia, alcançar. »

In: http://www.agenciafinanceira.iol.pt/economia/dinheiro-mitos-comprar-casa-comprar-carros-seguros-agencia-financeira/1234266-1730.html, a 20 de Fevereiro de 2011, em Agência Financeira.

RT

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s