Participação dos Homens da Luta No Festival da Canção Já É Falada Na Imprensa Internacional…

Homens da Luta Saem no « The Guardian »... Fonte: http://www.ionline.pt

Hoje é Sábado, e vamos ter o Festival da Canção, e saiu num jornal britânico um artigo, onde apela ao voto nos homens da luta, passo a transcrever a referida peça jornalística.

« Kirikirikirikiriki Até o “The Guardian” apela ao voto nos Homens da Luta

 O jornal britânico publicou um texto de uma jornalista portuguesa que pede para votarem nos portugueses

 O jornal britânico “The Guardian” apela a que, no próximo sábado, no Festival da Eurovisão da Canção, todos votem nos Homens da Luta, os orgulhosos representantes musicais do nosso país nesta competição com mais de 50 anos.

Está bem que o artigo foi escrito por Susana Moreira Marques, jornalista portuguesa freelance, mas a verdade é só uma: o jornal britânico publicou, sem medo, o artigo. “Sente que quer abandonar a Europa assim que uma nova música do Festival da Eurovisão da Canção está prestes a tocar? Sente-se nada inspirado pela canção britânica, ”I Can”? Este ano, entre 10 e 14 de Maio, pode fazer a diferença. Vote em Portugal no próximo Eurovisão”, escreve Susana e publica o “The Guardian”.

Os Homens da Luta sobem ao palco da primeira semi final do Festival da Eurovisão da Canção, que este ano se realiza em Dusseldorf, Alemanha, na terça-feira, (às 20h00 na RTP). Com a canção “A Luta é Alegria”, os portugueses vão lutar por um lugar na final que se realiza no sábado, dia 14.

Com uma conferência de imprensa em Dusseldorf que durou 25 minutos, entre música, dança e respostas num inglês macarrónico, os Homens da Luta explicaram à imprensa internacional o seu propósito: “Maybe our voices are not the most beautiful voices you are going to hear in this Eurovision Festival – they”re not – but our singing comes from here, from the heart and we know that portuguese people is there with us, supporting us. E dá-lhe Falâncio!”

Mas nem só de música e palavras de ordem vivem Os Homens da Luta. Todo o figurino é pensado, desde os fatos dos anos 70 (afinal, a revolução foi em 74 “sem sangue derramado”, como refere, orgulhoso, Neto [ou Jel ou Nuno Duarte] aos jornalistas), ao músico vestido de magala, aos cartazes com palavras da luta escritas em várias línguas. Nada é esquecido neste grupo que até já tem tradução em inglês, para que ninguém fique sem perceber: Struggle Man que cantam “Struggle is Joy”.

E se o “The Guardian” apela ao voto nestes revolucionários humoristas, nós não podemos fazer o mesmo, já que não se pode votar no próprio país. Assim, não temos outro remédio senão torcer muito e rezar a todos os santinhos para que os nossos homens passem com distinção. Isso, ou rumar a Espanha em campanha musical e apelar a nuestros hermanos para que nos dêem votos de solidariedade. »

In:  http://www.ionline.pt/conteudo/121338-kirikirikirikiriki-ate-o-the-guardian-apela-ao-voto-nos-homens-da-luta, a 06 de Maio de 2011, em Jornal I

RT

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: