Conheça Coisas Boas Na… Margem Sul…

Maegem Sul... Fonte: http://www.ionline.pt

Hoje trago um artigo para se começar bem a semana…

« Margem Sul cool: fuja do trânsito e vá petiscar

Ao contrário da crença (im)popular, a Margem Sul não é um deserto. Mas pode ser um pesadelo de trânsito se insistir em debandar das praias às mesmas horas que a restante população. E quem é que gosta de uma seca de duas horas depois de um dia tão bem passado? Sobretudo quando o corpo grita por alimento que não venha entre duas fatias de pão. Em vez de ir para casa ao final do dia, damos-lhe sugestões para matar a fome e as horas de trânsito. Setúbal, Sesimbra, Meco, Comporta, Arrábida ou Costa da Caparica. Há restaurantes para todos os gostos

Para quem vem da Caparica

 

Costa da caparica
Tasca do Nana

Pode optar pelo peixe, que é sempre fresco, claro, ou não fosse a Costa da Caparica uma terra de pescadores. Se quiser também pode optar pela carne (entrecosto, secretos e afins) que ninguém o vai julgar. Faça o que fizer, não saia sem provar o arroz de grelos. Garantimos que vale mesmo a pena. Malandro como deve ser, em tachinho de barro, a fumegar, acabado de fazer. Cuidado com o pão, o chourição e o queijo amanteigado das entradas: guarde espaço para os pratos principais.

Rua Manuel Silvestre Costa, nº 5 B, Costa da Caparica. 212 913 638

charneca da caparica
Oh Carlos

Entre o rodízio de sardinhas, um verdadeiro festim deste peixe estival, o marisco fresquinho, os croquetes de alheira, os carapaus, a carne de porco, vaca, arroz de marisco e afins, bifes para os mais simples, ameijoas e cadelinhas ou ostras para os mais requintados, este restaurante tem tudo o que precisa para um belo fim de dia, uma bela despedida da praia, um dia em cheio.

Rua Pedro Costa, 1247, Charneca da Caparica. 212961128

almada
tapada dos frades

Ao contrário das sugestões anteriores, aqui não há peixe para ninguém. Para desenjoar do cheiro a maresia, nada como atirar-se às tapas de belo presunto e ao copo de vinho português. Se achar que bebeu de mais, tem bom remédio: este restaurante, que até enlatados bons vende, entre as mesas de madeira típicas e bancos corridos, fica mesmo ao pé dos barcos de Cacilhas.

Rua Cândido dos Reis, 88-94, Cacilhas. 967759953

 

Para quem vem do Meco

 

aldeia do meco
Tasca do Domingos
Aqui quem põe a mesa é o cliente. Não há mordomias para ninguém. Ainda assim, está sempre cheio, pelo que se pede um pouco de paciência. Os petiscos são bons e variados, desde salada de polvo a mexilhões. Não caia no erro de tentar enganar o senhor Domingos só porque ele não escreve num papel tudo o que pediu ao balcão: fica tudo apontado na cabeça. Não se entusiasme, olhe que de petisco em petisco pode ter um desgosto com a conta.

Rua do Comércio, 26, Aldeia do Meco. 212 683 511

 

celmar
Este é para quem sai da praia com a barriga a dar horas e com o estômago colado às costas a pedir alimento. Comece com as saladas de mexilhão, ovas ou camarão. Siga para o casco de sapateira, entregue-se ao fondue de lagosta com gambas ou à caldeirada de espadarte. Se preferir uma massada de peixe também se arranja, ou até um ensopado de enguias. Para quem prefere carne mas não quer bifes, há javali e coelho à caçador.

Rua Central do Meco, Aldeia do Meco.  212683704

 

sesimbra
O rodinhas
Se quiser os melhores caracóis dos arredores, é aqui que os encontra. Se não for fã, não se preocupe, também há outros petiscos. Choco frito, ameijoas, mexilhão à espanhola ou lagostins grelhados. Não deixe de se entregar aos doces. Ouvimos dizer que o pudim de caramelo com bolachas e natas (um dia não dias), é muito bom.

Rua Marquês de Pombal 25, Sesimbra. 963166695

 

para quem vem da arrábida

SETÚBAL
A TASCA DO CHICO DA CANA
Dizem os entendidos que é aqui que se encontram os melhores salmonetes da região. As sardinhas também não ficam atrás. E sim, há choco frito, claro que há, estamos a falar de Setúbal. Não se preocupe com isso. O Chico da Cana, senhor que dá nome a esta tasca, foi um dos principais músicos populares da cidade e que transformou a cana num instrumento musical. Mas não irá encontrá-lo lá, o senhor já morreu.

Travessa Seixal, n.º 8, Setúbal. 265 233 255

 

novo 10
Em Setúbal, coma peixe e choco frito. Não vai encontrar melhor. No entanto se o seu estômago ansiar por uma carne suculenta, nada tema, aqui também se arranja. Renda-se aos secretos, medalhões ou plumas de porco preto. Mas tenha em conta que há todo um mundo lagosta, cherne e mexilhão para explorar. Mesmo de frente para a fonte luminosa de Setúbal, este restaurante oferece um ambiente típico, de azulejos e mesas escuras.

Avenida Luísa Todi, 420/2, Setúbal. 265525212

 

azeitão
restaurante azeitão
Se quiser passar por este restaurante, recomenda-se que limpe a areia dos pés, calce uns sapatos e vista umas calças. Trata-se de um local mais requintado que serve magret de pato com carpaccio de manga e lombo de robalo grelhada. As entradas são de chorar por mais e dão para duas pessoas. Perca a cabeça e entregue-se a elas, como se não houvesse mais pratos. Há casca de batata frita com natas, camembert assado com azeite ou queijo de azeitão gratinado com mel.

Quinta do Peru, Alameda da Serra, 2, Quinta do Conde. 212 134 325

 

para quem vem da comporta/tróia

comporta
o zé
Se anda saudoso de um arroz de lingueirão mas não tem tempo para rumar ao Algarve, este restaurante tem a solução: arroz malandrinho de lingueirão e ovas fritas. E também há a versão risotto. Para não falar do arroz de tamboril, camarão ou lagosta. Mais uma vez, e para não variar, as entradas são obrigatórias: morcela de porco preto com puré de maçã, ovos mexidos com farinheira de porco preto, peixinhos da horta e mais uma infinidade de coisas para o deixar satisfeito depois de um dia ao sol.

Rua do Comércio, 10, Comporta. 265 497220

 

A Dona Bia
Este restaurante bem português fica ali a meio caminho entre a Comporta e o Carvalhal, na estrada que liga as duas localidades. Para comer há canja de cherne com espinafres e ameijoas, sopa de cação, filetes de peixe galo com açorda de ovas e pataniscas, o que nos parece muito bem.

Estrada Nacional 261, Torre. 265497557

 

a escola
Esteja descansado que não o estamos a convidar para jantar numa cantina cheia de crianças aos gritos, tabuleiros de plástico e arroz que mais parece massa de vidraceiro. É que este restaurante tomou de assalto uma antiga escola primária, daquelas típicas dos anos 50. A ementa tem iguarias onde o coelho é rei, tão apelativas como açorda de coelho bravo, empada de coelho bravo ou coelho de coentrada. A linguiça frita com pimentos desfiados também é aconselhável. Um conselho: vá cheio de fome.

Estrada Nacional 253, Cachopos, Comporta. 265612816 »

In: http://www.ionline.pt/conteudo/143949-margem-sul-cool-fuja-do-transito-e-va-petiscar, a 19 de Agosto de 2011, em Jornal I

RT

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: