Saiba Como Ver Publicidade no Facebook e Ganhar Dinheiro com Isso…

Ganhe Com Publicidade no Facebook... Fonte: http://www.ionline.pt

Hoje trago um artigo sobre a rede social mais em voga, desta feita, o facebook, passo a transcrever a referida peça.

« Facebook paga ao utilizador para ver publicidade

Rede social introduziu um programa que oferece incentivos financeiros aos utilizadores que vejam determinada publicidade. Cada anúncio vale 10 cêntimos, ou seja, um crédito no Facebook Credits

Os utilizadores do Facebook vão passar a receber dinheiro para ver determinados anúncios naquela rede social. Através do Facebook Credits, os utilizadores passam a receber um crédito por cada anúncio com incentivo, o que equivale a 10 cêntimos, que vão surgir sobretudo nos jogos disponíveis no Facebook.

 

Esta foi a forma que o Facebook encontrou para solucionar a baixa audiência da sua publicidade através de banners. Ao mesmo tempo, o Facebook alargou as potencialidades do seu Facebook Credits, permitindo que se convertam os créditos bens de consumo reais que sejam publicitados naquela rede social. »

 In: http://www.ionline.pt/conteudo/121587-facebook-paga-ao-utilizador-ver-publicidade, a 10 de Maio de 2011, em Jornal I

RT

Conheça os Gadget´s a Menos de 100€

Hoje trago um artigo de sugestões de prendas até 100€, que li num site de tecnologia da nossa praça, passo a transcrever o referido artigo.

« Sugestão TeK: Ideias para o Natal até 100 euros

O Natal está a chegar. Já é impossível não o perceber. Pelas músicas que passam na rádio, pela sobrecarga de sacos de compras nas mãos de quem circunda zonas comerciais, pelas luzes que enfeitam as ruas, ou mesmo pelos pedidos de presentes que os membros mais novos da família vão deixando escapar (de propósito).

Ontem começámos uma ronda de artigos com sugestões para quem ainda não fez todas as compras da quadra. Hoje continuamos e subimos a fasquia até aos 100 euros, procurando ofertas abaixo deste valor e tendencialmente acima do orçamento de 30 euros que ontem balizou a ronda às lojas.

Se na lista de prendas tem quem viaje muito ou se perca com frequência, um GPS pode ser uma solução a figurar da lista de presentes. Lembre-se que hoje muitos smartphones já incluem software de navegação gratuito – por exemplo o Nokia Maps integrado em vários equipamentos da fabricante finlandesa, ou o NDrive, em alguns modelos da TMN – mas para quem prefere um dispositivo dedicado, aqui ficam sugestões.

Os últimos modelos das principais fabricantes estão acima do orçamento que estipulámos para cada presente, mas não é por isso que deve afastar por completo a hipótese de comprar um, já que os modelos a menos de 100 euros existem e até nem deixam assim tanto de fora, para quem precisa mesmo é de conduzir com frequência para locais que não conhece.

TomTom

Nas lojas vai poder encontrar, por exemplo, o Start Europa da líder de mercado TomTom por 99,90 euros (na Worten). Como o nome indica já inclui mapas para toda a Europa (42 países), suporta a tecnologia IQ Routes (percursos inteligentes) e a fabricante garante a versão mais recente do mapa, neste dispositivo com ecrã de 3,5 polegadas.

Como atractivo adicional (ou não) está disponível em branco, para quem gosta de fugir ao convencional preto. Da mesma fabricante pode encontrar preços ainda mais baixos no site oficial, onde um outlet oferece descontos para os modelos mais antigos, mais básicos que o escolhido na nossa proposta.

Ndrive

Antes de mudar de tema deixamos só uma opção com carimbo nacional. A NDrive, fabricante nortenha de software de navegação tem igualmente nas lojas ofertas abaixo dos 100 euros.

O Touch SE Europa, conta também com mapas para vários países europeus. O ecrã também é de 3,5 polegadas e o software integrado é o NDrive V9 (penúltima versão lançada). Esta proposta da NDrive com ecrã Touch e directório de pontos de interesse em 3D está à venda por 79,90 euros.

Move

Para quem gosta de tecnologia, ou se relaciona com quem gosta, é muito provável que a opção consolas, jogos ou comandos lhe passe pela cabeça, dependendo do orçamento disponível. No nosso não cabe obviamente uma consola, e novas comandos (existem para a Xbox e para a PS3) só mesmo o da PS3, que pode encontrar em diversas lojas de electrónica, pelo menos nos catálogos, já que nas lojas a procura tem feito esgotar alguns stocks.

O bundle que junta o Move Starter e um jogo pode ser adquirido por cerca de 80 euros, apenas o Move Starter (que inclui o comando, uma câmara e demos jogáveis em Blu-ray) tem um preço médio de 60 euros e só mesmo o comando desce para os 29,90 euros.

luvas para a Wii

Se o presenteado for utilizador de uma Wii, não terá nenhuma grande novidade para lhe oferecer mas pode escolher entre um mundo de acessórios – cada vez maior – do qual fazem parte uma arma, luvas de boxe, kit soft sports, sniper, raquetes, acessórios para o Wii Fit ou guitarra. Estes são apenas alguns exemplos, citados porque custam entre 14 e 40 euros.

A fotografia digital é outra área cada vez mais popular da tecnologia o que, felizmente para o consumidor, se traduz em preços cada vez mais acessíveis para equipamentos que, não há muito tempo atrás, tinham preços proibitivos. Uma câmara com uma resolução de imagem de 12 megapixéis já está ao alcance de um orçamento com tecto máximo de 100 euros.

Casio

Claro que tem de estar consciente de algumas limitações, por exemplo ao nível do zoom, mas não se apaga o mérito da relação qualidade preço. Um bom exemplo desta lógica, que encontrámos nas compras hoje, foi a Casio Exilim Z16. Com 12 megapixéis, zoom óptico de 3 vezes e zoom digital de 4 vezes, ecrã LCD de 3,5 polegadas e cartão de memória SD.

A proposta, que também assegura gravação de vídeo, está disponível em várias lojas e em várias cores. Na Fnac online pode ser adquirida por 79 euros, menos 10 euros que noutras lojas de electrónica, mas limitada à cor preto.

No mesmo intervalo de preço pode ainda pensar num iPod – o Shuffle de 2 GB custa 49 euros ou outro leitor de música digital -, num telemóvel – as propostas a menos de 100 euros são pouco sofisticadas mas existem. Enfim, há mais opções no que podemos chamar uma lista convencional de prendas de Natal.

Sonic Bomb

Mas não é assim que queremos fechar as compras desta tarde e por isso passamos já de seguida para o Sonic Bomb. Não aconselhável a pessoas sensíveis, este despertador promete 100% eficácia e garante-o não só pelo barulho que assegura a cada despertar (até 113 decibéis), mas também pelo acessório vibratório para a almofada (incluída no pacote), que amplia o impacto da bomba ao leito, que por essa altura deixa de ser de repouso.

O Sonic Bomb funciona com som, luz e modo vibratório, mas para quem achar que não aguenta o combinado pode escolher. Esta sugestão está à venda por 39,89 euros na Ingeniu.

Mathmos

Ainda em busca de alguma originalidade, deixamos mais uma referência diferente: o Mathmos Tuba. Trata-se de uma peça de design que serve para captar as cores do som. É bom que goste de luzes psicadélicas se estiver inclinado a comprar este presente, sobretudo se o destinatário também morar em sua casa.

A peça de decoração reage à música e à vibração, com cor. Os sensores e leds incorporados na estrutura feita de vidro cúrio-branco garantem toda a animação que o Mathmos é capaz de oferecer, nos seus 3 quilos de peso. A peça, que funciona ligada à electricidade, está à venda na gadgets.com.pt por 99 euros.

Cristina A. Ferreira »

 

In:http://tek.sapo.pt/extras/sugestoes/sugestao_tek_ideias_para_o_natal_ate_100_euro_1113626.html, a 16 de Fevereiro de 2010.

Conheça o Blogue de Uma Empregada de Mesa…

Blogue de Uma Empregada de Mesa... Fonte: http://www.ionline.pt

Hoje e por ser ultimo dia do mês, e no decorrer do dia de ontem, o nosso primeiro ministro ter apresentado as medidas de austeridade, trago algo de humor, e passo a apresentar o blogue de uma empregada de mesa, vou transcrever a referida reportagem, onde é apresentado o referido blogue.

« Pssht ó menina! Blogue de uma empregada de mesa

O blogue já deu em livro. Pssht… ó menina! relata as aventuras de uma empregada de mesa num restaurante de Lisboa

Vera Agostinho é empregada de mesa num restaurante em Lisboa e em Julho de 2008 criou o blogue Pssht ó menina! para catarse e entertenimento dos clientes… online. E até os patrões são leitores assíduos.

Os posts em jeito de crónica humorística, relatam o dia-a-dia e os pensamentos da “menina”, que até já se sentou no sofá do 5 para a meia noite. Depois do programa, apenas um cliente a reconheceu no restaurante.

O livro, que demorou apenas dois meses a ser preparado após o convite da editora, foi lançado no dia 28 de Julho, pela Fonte da Palavra.

Entrada do dia 10 de Agosto de 2010:

“se a vida te dá limões faz limonada mas só se não te der muito trabalho

já alguma vez pensaram o que aconteceria num restaurante se, em pleno agosto, os empregados decidissem todos pôr-se a andar? seria mau, muito mau. e se todos se decidissem pôr a andar menos um? seria menos mau, pois. mas e se esse um fosse você? epá isso seria muita falta de sorte né. pois foi.
foi mesmo muita falta de sorte que a minha compincha tenha decidido ir ser gamela em itália porque lá é que é buono. também foi falta de sorte que o outro tenha decidido que era hora de voltar à dieta do feijão com arroz lá no brasil. e que a outra tenha decidido simplesmente não aparecer mais, por razões que só ela e deus sabem.
e assim fiquei eu com três novos colegas a quem tenho de explicar tudinho: aqui é onde se mete as colheres, aqui é o lixo, aqui ficam os guardanapos, aqui as palhinhas, aqui o açúcar. e depois o restaurante enche. e eles começam: os guardanapos ficam onde? cadê o açúcar? fechas esta conta? não percebi o que o senhor pediu! onde estão as palhinhas? e a cozinha começa também: olha pediram isto mal! olha levaram isto mal! olha não percebo o que é que ele quer!
e depois preciso de uma grade de águas. e onde é que ficam? aiii, deixa estar que eu vou buscar!
e pedem 3 cappucinos: olha que estás a fazer isso mal não é assim. e como é que é? aiii, deixa estar que eu faço!
e olha estão a chamar na mesa 2. e que mesa é essa? aiii, deixa estar que eu vou lá!
e chega-se ao fim do turno e digo: ena, hoje foi puxadote! -aiii, não achei não!
agora quando chega a hora do lodo já não basta uma troca de olhares com o colega para ele perceber que o casal não quer sobremesa. não basta levantar o braço para o colega perceber que preciso de gelo no bar. e não basta eu meter-me aos gritos que ninguém percebe que eu preciso de ir mijar e alguém tem de me substituir.
e depois os clientes à espera. e os pratos trocados. e eu descabelada e a bufar que ainda por cima estão 32º às 10 da noite. e explico ao outro como se pede uma pizza e coiso e tal. e depois vem ele outra vez: explica de novo. meu: vens aqui a pizzas, metes à escolha, voltas atrás, metes os ingredientes, como não há cebola voltas atrás, metes azeitonas, vais às massas carregas no perguntar ao funcionário, voltas a pizzas pões a dividir, vens ao extras que estão na parte das sopas e metes extra queijo. mas qual é a dificuldade meu?!
enfim, isto com o tempo vai lá. mas entretanto já lá vão 23 horas de trabalho em dois dias, sem folga prevista. e eu já fartinha de ouvir o meu nome a toda a hora. e ainda é 3ª feira e já tenho mais dois calos e uma dor na espinha. e quando começo a ver espanhóis a entrar sem parar só me apetece é chorar e chamar pela mãezinha.
mas se eu sobreviver a isto já fico feliz. se isso acontecer até juro nunca dizer a um cliente que não há limonada só porque não me apetece espremer limões. não é que eu já tenha feito isso. nãã. nem pensar. euuu?! nunquinha.” »

In: http://www.ionline.pt/conteudo/64856-ponha-mesa-o-blogue-da-semana-e-culinaria, a 18 de Agosto de 2010, em Jornal I

Vale a Pena!

RT

Blogue de Uma Empregada de Mesa… Fonte: http://www.ionline.pt

Cuidados Que Se Deve Ter Com o Facebook…

Cuidados com o Fecebook... Fonte:www.info.abril.com.br

Hoje trago uma reportagem que saiu num diário da nossa praça e que versa sobre os ataques informáticos, nomeadamente às redes sociais, vou transcrever a referida reportagem.

« Tem Facebook? Cuidado com os ataques de phishing

O Facebook é o quarto site mais afectado com ataques de phishing logo a seguir ao PayPal, eBay e HSBC, segundo o relatório da empresa de segurança BitDefender para a primeira metade de 2010.

Segundo a empresa, assistiu-se a um aumento considerável de “malware” (software malicioso), com o Mundial de Futebol e com as inundações da Guatemala, uma vez que, estes foram os principais alvos para lançar os ataques.

O Trojan.AutorunINF.Gen (11%) foi considerado o vírus mais activo, neste primeiro semestre, já que se espalha rapidamente e de forma muito eficaz através dos discos e dispositivos de armazenamento removíveis, executando ficheiros maliciosos.

De acordo com os mesmos dados, o  spam, (mensagens não solicitadas “enganosas”) também sofreu um aumento, representando cerca de 86% de todas as ameaças, devido sobretudo ao spam farmacêutico que aumentou de 51% para 66%.

A Rússia e a China estão no topo da lista dos países que albergam mais software malicioso com 22% e 31% respectivamente.

O relatório concluiu ainda que o Facebook – a superar os 400 milhões de utilizadores – irá ser alvo de mais ataques, já que a maioria dos autores de malware irá seguramente centrar-se nas plataformas de redes sociais para lançar as suas novas criações. »

In: http://www.ionline.pt/conteudo/76125-tem-facebook-cuidado-com-os-ataques-phishing, a 31 de Agosto de 2010, em Jornal I

Muito Cuidado!

RT

Como Proteger o Computador de Vírus… Veja Aqui Alguns Conselhos…

Como se Proteger dos Virus Informáticos Fonte: http://www.guiadicas.net

Hoje trago uma notícia sobre cuidados que se devem ter com os computadores, nomeadamente os computadores pessoais e os incidentes com vírus, vou transcrever a referida reportagem.

«Como saber se o PC está infectado

É cada vez mais difícil detectar uma infecção num computador. Saiba como diagnosticá-la e o que fazer

Quando o vírus Conficker começou a infectar milhões de computadores em todo o mundo, há cerca de ano e meio, um novo fenómeno saltou para a ribalta na internet: a venda de falsos antivírus. O Conficker protagonizou a maior infecção em massa desde 2003 e foi o isco de que os piratas precisavam para dar impulso ao novo “negócio”.

Segundo a empresa especialista em segurança Symantec, a venda de antivírus falsos é uma das maiores ameaças do momento. O utilizador paga por um produto que não só não protege, como “abre” as portas do PC à sua utilização remota. Esta prática, conhecida por “rogue”, também acontece nos antivírus gratuitos. Apesar de haver óptimos produtos grátis para proteger o seu computador, o melhor é investigar duas vezes antes de escolher.

Um destes exemplos é o AntivirusLive. O design do programa está tão polido e semelhante aos produtos Live da Microsoft que qualquer pessoa pode ser enganada. Pior que tudo, é difícil de remover. Outros exemplos de “rogue” são o Advanced Virus Remover e o Internet Security 2010.

O que fazer Já não é tão fácil como antes perceber se o PC está infectado. A Kaspersky Labs avisa que “mais do que nunca, os autores de vírus, worms, trojans e spyware tentam tudo para esconder o código e ocultar o que os seus programas estão a fazer num computador infectado”. Como resultado, um utilizador pode andar meses sem perceber que algo está errado. Basta que atribua os problemas enumerados na lista (ver ao lado) a erros das aplicações ou à idade do computador.

Para quem reconhecer vários destes sintomas no PC – elaborados com base em alertas da Panda Security e da Kaspersky – o ideal é agir rapidamente. Como? A primeira coisa a fazer é desligar a internet, para cortar o acesso remoto ao computador. De seguida, se o sistema operativo não arrancar, opte pelo “Safe Mode” – disponível através da tecla F8. Uma vez dentro do PC, verifique se o antivírus está actualizado – use outro computador para descarregar actualizações necessárias. Faça o scan total e siga as instruções do programa antivírus – isto pode demorar bastante tempo. Por fim, não é má ideia dar uma limpeza no PC, eliminando ficheiros desnecessários e software não licenciado. »

In: http://www.ionline.pt/conteudo/73324-como-saber-se-o-pc-esta-infectado, a 11 de Agosto de 2010, em Jornal I

Bons Cuidados!

RT

Conheça a Lista dos 1000 Sites Mais Visitados…Conheça Aqui os Detalhes da Versão de Junho de 2010

Lista dos 1000 Sites mais Visitados... Fonte: http://www.academictech.doit.wisc.edu

Hoje e para começar bem a semana, trago um artigo, sobre os 1000 sites mais visitados a nível mundial, passo a transcrever o referido artigo, no entanto, não vou comentar o mesmo.

« Quem lidera a lista dos mil sites mais visitados no mundo?

Facebook ocupa o primeiro lugar. Twitter está mais longe, na 18ª posição

Sem surpresas, é o Facebook que lidera a lista dos sites mais visitados em todo o mundo. O top dos mil sites mais concorridos foi divulgado pela Google, num relatório designado Ad Planner Top 1000 Sites.

Com 540 mil visitantes únicos e com um alcance global de 35%, o livro de caras chegou aos 570 mil milhões de pageviews, só no mês de Abril.

No pacote das redes sociais, o Twitter ocupa uma posição mais modesta: está em 18º lugar, segundo este relatório que tem em consideração apenas os visitantes únicos que usaram o motor de busca da Google para chegar ao site pretendido.

O MySpace está na 26ª posição e o Flickr no 31º lugar. Outros sites em destaque são o Yahoo.com, o segundo mais visitado, com 70 mil milhões de pageviews e o live.com com 39 mil milhões. A completar o top5 estão a Wikipedia e o MSN.

O relatório Ad Planner Top 1000 Sites é publicado todos os meses, mas não tem em linha de conta sites só para adultos, redes de anúncios e domínios com conteúdo vedado ao público.»

In: http://www.agenciafinanceira.iol.pt/empresas/facebook-twitter-myspace-redes-sociais-internet-agencia-financeira/1166703-1728.html, a 31 de Maio de 2010, em Agência Financeira.

Boas Viagens Pela Internet!

RT

Google Muda a Imagem… Veja Aqui os Detalhes…

Google Muda de Imagem... Fonte: http://tecnocratadigital.files.wordpress.com

Hoje e para começar bem o fim semana, trago uma sugestão de cariz informático, passo a transcrever uma noticia que saiu num diário da nossa praça, e que fala nas mudanças que estão a acontecer no mais famoso motor de Busca , neste caso, o Google.

« Google mudou. Os resultados da busca nunca mais serão os mesmos

O aspecto das páginas do Google Search está diferente e até o logotipo perdeu a sombra e ficou mais brilhante

Se gosta do aspecto que as páginas do Google têm quando faz uma busca online, prepare-se para se despedir dele. O Google Search está a sofrer alterações significativas desde ontem e nunca mais terá o mesmo aspecto. Abra uma página de busca da Google e olhe para o logotipo da empresa que todos usam e em que aprenderam a confiar: nota alguma coisa de diferente? Sim. O sombreado desapareceu, o corpo das letras “emagreceu” e está mais brilhante. Porquê? Apeteceu-lhes. A Google gosta de refrescar a sua imagem de tempos a tempos e decidiu polir o seu logo.

“Nós compreendemos que as mudanças são difíceis e que uma parte dos nossos utilizadores vai ser mais resistente à diferença”, admitiu Nundu Janakiram, gestor de produto das buscas da Google, durante uma conferência telefónica. Mas mesmo assim, a empresa decidiu que não será possível voltar a usar as páginas como foram até agora. E quais são as diferenças? Tudo se passa na parte esquerda do ecrã.

Estas foram palavras que Nandu Janakiram usou várias vezes para caracterizar a nova página de resultados da Google. A ideia é que o painel do lado esquerdo que vai aparecer sempre que se fizer uma busca (semelhante àquele que já aparece na parte de notícias) apresente ferramentas úteis e simples para facilitar o trabalho do utilizador. O interessante é que estas ferramentas mudam conforme o tipo de pesquisa que o cibernauta estiver a fazer.

Alguns exemplos são a triagem por data: é possível encontrar informações sobre o concerto da Madonna em Portugal em 2008, mas excluindo resultados anteriores a esse ano. Ou se estiver a pesquisar sobre um apresentador que também é autor poderá aceder à ferramenta “Livros” que se encontrará do lado esquerdo.

Outra novidade é a possibilidade de marcar resultados favoritos, tal como o “boomark” de um site. E ainda um quadrado com resultados semelhantes relacionados – bandas que surgiram na mesma altura dos Rolling Stones, por exemplo.

É possível que algumas pessoas não gostem do “ruído” visual, mas Nandu garante que este é “o próximo passo” na evolução da busca. As reacções dos utilizadores dirão se ele tem razão. »

In: http://www.ionline.pt/conteudo/58577-google-mudou-os-resultados-da-busca-nunca-mais-serao-os-mesmos, a 06 de Maio de 2010, em Jornal I

Boas Pesquisas!!

RT

Programas Informáticos Gratuitos…Conheça Aqui Algumas das Alternativas…

Alternativas a Programas Pagos...

Hoje trago útil a quem utiliza computadores, especialmente os que tem como SO, o Windows, são programas gratuitos que podem substituir programas de marca com licenças de utilização, por vezes, muito dispendiosas, passo a transcrever o artigo, mas não vou comentar, para não tomar partido por nenhum, embora seja, utilizador de alguns.

«Software. Os melhores programas à borla na internet

Há centenas de programas gratuitos na internet que substituem o software de marca. É preciso ter em conta as necessidades, mas em muitas situações já não há motivo para encher o PC de software pirateado

Suite de produtividade


1 – Openoffice.org 3.2: Fácil de descarregar para o PC, tem uma interface simples e extras que não se encontram nas versões online.
2 – Lotus Symphony 1.1.: É a melhor opção para quem está habituado ao Microsoft Office, com destaque para a folha de cálculo.
3 –Google docs: Não se instala no PC, mas também pode ser usado offline, bastando para isso activar essa opção. Está cada vez mais completo.
4 – Acrobat: O “free plan” é limitado mas inclui o básico: processador de texto, folha de cálculo, apresentações e colaboração.
5 – Zoho: Rivaliza com a Google no número e qualidade de aplicações online.

Antivírus


1 – AVG 9 Antivirus Free Edition: Talvez o mais popular dos gratuitos. Barra vírus e as actualizações são automáticas.
2 – Avira Antivir 9 Free Edition: Está no topo das preferências dos especialistas e tem como ponto positivo um centro de controlo para o utilizador.
3 – Avast 5: Esta versão tem uma interface diferente, é mais rápida e inclui um “modo vídeojogo”.
4- Spybot – Search & Destroy: É dos melhores em anti-spyware gratuito.
5 –BitDefender 10: Não tem protecção em tempo real, o que o torna mais fraco, mas o motor de procura de vírus é bastante bom.

Limpeza do computador


1- Active@ HD Monitor: Considerado um dos melhores na monitorização do disco rígido.
2- Ashampoo WinOptimizer 2010: Apropriado para quem quer uma ferramenta de limpeza fácil e simples de usar.
3- Comodo System Cleaner: Tem mais opções de limpeza, que podem ser agendadas periodicamente.
4- CCleaner Óptimo: para encontrar os “restos” de aplicações e inutilidades que tornam o PC mais lento.
5- CleanMem: É um dos que se instalam e se esquecem. Faz o seu trabalho nos bastidores.

Busca no Desktop


1- Copernic Desktop Search Home: Procura a informação desejada dentro de documentos, emails e anexos de mensagens. Tem aplicação móvel para iPhone e BlackBerry.
2- Everything: A sua mais-valia é ocupar muito pouco espaço e ser bastante rápido a encontrar os ficheiros que se procuram.
3- DocFetcher: Localiza facilmente palavras-chave, mas apenas em documentos (não fotos, vídeos ou outros).
4 –Google Desktop 5: Dispensa apresentações: é o Google para dentro do PC.
5- Locate32: Tem menos funcionalidades, mas é mais rápido que o Windows Search.

Multimédia


1- Miro Video Converter: Para converter qualquer tipo de vídeo em mp4, para usar no iPhone, iPod, etc. A mais-valia é a facilidade de uso.
2- Photoscape: A interface é diferente, mas oferece muitas ferramentas além das básicas do Picasa ou do Photofiltre.
3- CDBurnerXP: A vantagem é suportar todos o tipo de formatos, de Blu-ray a HD-DVD, e ser mais fácil de usar que outros (como o ImgBurn).
4-Audacity: Para editar vídeo e áudio sem gastar um tostão. Bom substituto para o Adobe Audition.
5- Sauerbraten CTF Edition: Vídeojogo que faz lembrar o Unreal Tournament em versão gratuita.

Sistemas operativos
Qualquer computador traz sistema operativo de raiz, mas se alguém estiver descontente com o Windows e não quiser um Mac… pode escolher uma alternativa open-source:
1- Ubuntu: Já é um clássico entre os sistemas Linux. Muito parecido com o Windows.
2 –Jolicloud: Baseado em Ubuntu Netbook Remix, tem como ponto a favor a facilidade de instalação.
3- Open SUSE: Talvez o sistema com maior apoio ao cliente, por ser desenvolvido pela Novell.
4 –Slackware: Um dos mais antigos (1993). É estável e simples.»

In: http://www.ionline.pt/conteudo/55054-software-os-melhores-programas–borla-na-internet, a 13 de Abril de 2010, em Jornal I

Aproveitem…

RT

Que Tal Poupar Pelo Menos 3 Mil Euros Com o IRS…Espreite Aqui Como…

Como Poupar 3 Mil Euros no IRS... Fonte: http://www.ionline.pt

Aproxima-se a data de entrega do IRS, pelo menos no que concerne pela Internet, li no dia ontem num diário da nossa praça, um artigo sobre as deduções possíveis no IRS, passo a transcrever o referido artigo, mas não o vou comentar pois penso que o artigo está bastante esclarecedor.

«Guia para poupar mais de 3 mil euros no IRS

Da saúde aos fundos de investimento, conheça 15 categorias que podem ajudá-lo a aliviar a carga fiscal

São várias as deduções que pode apresentar na sua declaração anual. Entre as mais fáceis de contabilizar estão os gastos relacionados com a saúde, educação e habitação, mas a verdade é que há muito mais, incluindo produtos com benefícios fiscais. Feitas as contas, a poupança pode superar os 3 mil euros.

1. Saúde A dedução à colecta é de 30%, sem limite de despesas. Tenha em conta que só são aceites como despesas os bens isentos de IVA ou taxados a 5%. As facturas taxadas a 20% só podem ser deduzidas se tiverem sido prescritas por um médico – e apenas até um limite máximo de 64 euros. Por exemplo, se tiver mil euros de despesas de saúde, pagará menos 300 euros de IRS.

2. Educação A dedução à colecta é de 30% e pode apresentar um máximo de 720 euros de despesa. Pode incluir gastos com propinas, mensalidades, inscrições, livros escolares, despesas de transporte, alojamento, etc. Agregados com três ou mais dependentes podem deduzir mais 135 euros por cada um, desde que sejam estudantes e tenham despesas de educação. Por exemplo, se tiver 500 euros de gastos de educação ou formação profissional pagará menos 150 euros.

3. Energias Renováveis A dedução à colecta é de 30%, limitada a um máximo de 796 euros de despesas. Pode apresentar despesas em equipamentos novos para utilização de energia eléctrica com potência até 100 kw, que consumam gás natural, e veículos eléctricos ou movidos a energias renováveis não combustíveis. Por exemplo, uma despesa de 1500 euros permite-lhe poupar 450 euros.

4. Habitação A dedução varia consoante o escalão a que pertence. Se tem um crédito à habitação, pode deduzir 30% das despesas pagas em juros e amortizações. Caso pertença aos dois primeiros escalões de IRS, esta dedução pode ser de 50%. Se estiver no terceiro escalão, pode deduzir 25% e 10% se pertencer ao quarto escalão. Se morar numa casa arrendada também pode apresentar o valor das rendas.

5. Informática Dedução de 50%, num máximo de 250 euros. São aceites despesas na aquisição de computadores para uso pessoal até um limite de 250 euros por cada contribuinte ou membro do agregado com despesas de educação. Por exemplo, se também tiver comprado um Magalhães, é preferível apresentar a despesa de um computador de montante superior, porque o primeiro só permite uma dedução de 25 euros.


6. Plano Poupança Reforma (PPR) Dedução de 20%, num máximo de 400 euros. O valor máximo dedutível varia consoante a idade: 400 euros para idade inferior a 35 anos; 350 euros para idades entre os 35 e os 50 anos; 300 euros para maiores de 50 anos. Por exemplo, um investimento de mil euros pagará menos 200 euros de IRS.

7. Seguros de vida e acidentes pessoais Dedução de 25%. Só podem contemplar riscos de morte, invalidez e reforma por velhice, com limite de 64 euros.

8. Seguros de saúde Dedução de 30%. Os sujeitos passivos ou dependentes têm o limite de 168 euros, já os solteiros têm o limite de 84 euros. Por cada dependente, os limites aumentam 84 euros.

9. Lares Dedução de 25%, num máximo de 382,5 euros. Só pode apresentar esta despesa se o idoso for familiar até ao terceiro grau, e apenas se os rendimentos deste forem inferiores a 450 euros.

10. Donativos Dedução de 25%, num máximo de 35 euros. O montante doado é considerado em 140%, calculando -se sobre esta percentagem os 25% de dedução à colecta. No entanto, quando as instituições são privadas ou religiosas, a dedução não pode ser superior a 15% da colecta de IRS.

11. Acções Os títulos detidos há 12 meses, ou pelo menos com um saldo positivo entre as mais-valias e as menos-valias resultantes da venda, são tributados em 10% em IRS. Estão isentas de impostos as acções que estiverem nas mãos dos contribuintes há mais de um ano. Mas para isso precisa de preencher o anexo G1.

12. Depósitos bancários Os juros dos depósitos à ordem e dos depósitos a prazo são tributados à taxa de 20% pelo banco na data do vencimento dos juros.

13. Títulos da dívida pública O contribuinte não terá de apresentar os juros recebidos na declaração anual de IRS, como acontece com os depósitos. A explicação é simples: os títulos da dívida pública (onde estão incluídas as obrigações e os certificados de aforro) já foram sujeitos a uma retenção na fonte de 20%.

14. Fundos de investimento Não terá de incluir os rendimentos obtidos pelos fundos de investimento, uma vez que estes já foram alvo de tributação. No entanto, se realizar mais-valias, o contribuinte é tributado a uma taxa especial de 10%.

15. Seguros de capitalização A tributação varia consoante o prazo. Se este for inferior a cinco anos, os rendimentos a receber no momento do resgate serão sujeitos a uma retenção de 20%. Se o prazo for de cinco a oito anos, a taxa de retenção é de 20% sobre 4/5 do rendimento. Para as aplicações com um período superior a oito anos, a taxa de retenção é de 20% sobre 2/5 do rendimento.»

In: http://www.ionline.pt/conteudo/47762-guia-poupar-mais-3-mil-euros-no-irs, a 22 de Fevereiro de 2010, em Jornal I

Boas Deduções

RT

Como Fazer Boas Compras On Line Este Natal…

Compras On Line Este Natal....Bons Descontos Fonte:www.imotion.com.b

Basta um click para fazermos as compras de natal, deixo aqui transcrito os conselhos do jornal i, para realizar compras on line com segurança.

« Na rua ou online. Onde comprar para poupar neste Natal?

O i foi às compras e mostra-lhe como conseguiu poupar 160 euros. Descubra as vantagens e os cuidados a ter nas compras online

Só precisa de um computador. E de dinheiro, claro, mas menos do que no comércio tradicional. Em todo o mundo, os produtos são mais baratos quando comprados através da Internet e, na União Europeia, são mesmo os portugueses quem tem mais a ganhar nas compras online. Segundo os dados da Comissão Europeia, perto de 85% dos produtos são mais baratos e, na maioria dos casos, a diferença de preço é superior a 10%. No seu cabaz de Natal, o i conseguiu poupar 21,5%, quase 167 euros.

As vantagens aumentam com a precipitação consumista desta época. Em Dezembro, muitos sites reduzem os preços e oferecem entrega gratuita. Este ano, 19% de portugueses devem ligar-se à rede e gastar em média 83 euros em livros, CD e DVD de um orçamento médio de 588 euros, revela um estudo da Deloitte. O mesmo documento explica que a maior vantagem é evitar a confusão dos centros comerciais e sobretudo poupar dinheiro. Neste contexto, a fraude é o maior receio dos portugueses.

Existem estratégias para se proteger. Primeiro: deve certificar-se de que está a aceder a um site seguro. Todos os anos os hackers aproveitam esta época para brincar ao carnaval e vestir a capa do serviço de clientes do eBay ou da Amazon. Os sinais que deve procurar são o ícone do cadeado ou um URL que se inicie com https://. Confirmada a autenticidade do site, há outra estratégia: um número de conta virtual. O serviço é oferecido pela maioria das empresas de crédito e cria um número aleatório de cartão de crédito que torna virtualmente impossível o seu roubo. O número é válido por um curto período de tempo, apenas o suficiente para processar a compra, que será debitada no cartão de crédito real. Outro receio dos portugueses tem a ver com a dificuldade das encomendas internacionais chegarem a bom porto. Acreditando nos dados da Comissão Europeia, 60% das compras falham quando envolvem países diferentes. Em Portugal, a percentagem é de 58%.

Ultrapassadas as dificuldades, como saber se está a fazer o melhor negócio? É preciso ter atenção às taxas de câmbio, aos portes de envio e ainda à concorrência. Neste último desafio, pode contar com a ajuda de sites como o PriceGrabber que compara preços em várias lojas online. O consumidor não só recebe essa informação, como tem direito a uma crítica oficial do produto e a outras dos clientes – como o melhor funcionário de uma loja. Quem pode não gostar de todo este entusiasmo é o patrão. Um estudo recente conclui que, este Natal, 32% dos americanos farão as compras durante o horário de trabalho.»

In: http://www.ionline.pt/conteudo/36332-na-rua-ou-online-onde-comprar-poupar-neste-natal, a 07 de Dezembro de 2009, no Jornal I

Boas Compras

RT